Cláudio Oliveira, controlador do Grupo Bitcoin Banco, adquire banco digital

O empresário Cláudio Oliveira, controlador do Grupo Bitcoin Banco, adquiriu um banco digital que começará a funcionar no dia 5 de agosto, segundo comunicado de imprensa compartilhado com o Cointelegraph nesta sexta-feira, 12 de julho.

O Audax Bank, como é chamado a instituição, não é parte do Grupo Bitcoin Banco, apesar de ter agora ambos terem o mesmo controlador.

Segundo o comunicado, o GBB, bem como suas exchanges, serão clientes do Audax Bank e a nova instituição será uma peça-chave para normalizar os saques das exchanges NegocieCoins e TemBTC, que enfrentam problemas desde maio quando foi descoberta uma fraude contra o GBB e também quando contas do Grupo em bancos comerciais foram encerradas de forma arbitrária.

O Audax Bank, segundo o comunicado, funcionará como todos os bancos digitais em operação no Brasil.

“Os clientes das exchanges do GBB que tiverem conta no Audax Bank não pagarão a comissão de 0,9% cobrada sobre saques enviados aos demais bancos, apenas uma tarifa de R$ 9,90. Importante ressaltar que a abertura de conta no Audax não é obrigatória para a realização dos saques, apenas um benefício a mais aos clientes do GBB”, diz o comunicado.

Os problemas com saques nas exchanges do GBB fizeram com que a companhia fosse alvo de diversas investigações e decisões judiciais que causaram bloqueio de bens e de contas bancárias da empresa e de seu controlador.

Mais recentemente, como noticiou o Cointelegraph, o GBB decidiu oferecer aparelho iPhone 8 aos clientes com saldo preso nas exchanges do grupo.