Polícia russa prende suposto criador de grande esquema de pirâmide cripto do Cazaquistão

A polícia russa prendeu um suposto criador de um esquema de pirâmide cripto do Cazaquistão que tinha contra si um mandado de prisão internacional, informou oficialmente o Ministério do Interior (MdI) da Rússia em 28 de maio.

O detento, que não teve a identidade divulgada, é acusado de enganar investidores usando um esquema de fraude que promete altos retornos com investimentos em cripto, envolvendo um grupo de criminosos.

O MdI informou pelo menos 300 casos de golpes supostamente relacionados ao esquema de pirâmide, com um dos investidores tendo perdido cerca de 14 milhões de tenge do Cazaquistão (US$ 36.700).

De acordo com o relatório, o detido fugiu do Cazaquistão no início de 2019 e desde então foi declarado foragido pela Interpol. Após ser preso pela polícia russa, o suposto criminoso confessou que atravessou a fronteira da Rússia a cavalo ilegalmente.

No momento, as autoridades estão resolvendo a questão da extradição penal para o Cazaquistão, informou o MdI.

Large Scale Crypto Scams

O Cointelegraph informou recentemente que a Comissão de Valores Mobiliários dos EUA entrou com uma ação judicial contra um morador da Califórnia pela suposta operação de um esquema multimilionário de pirâmide de criptomoedas.

No início de maio, a polícia brasileira prendeu dez pessoas suspeitas de tocar um esquema de pirâmide de criptomoedas no valor de US$ 210 milhões.