Unick Forex movimentou R$ 28 bilhões e deve R$ 12 bilhões aos clientes segundo Policia Federal

A Polícia Federal alegou ter concluído um relatório parcial sobre a Unick Forex e revelou que a dívida da empresa com seus clientes pode chegar a mais de R$ 12 bilhões, segundo informações da PF divulgadas em 14 de novembro.

De acordo com o relatório da Operação Lamanai a movimentação financeira da empresa, durante seu período de atuação, chegou a R$ 28 bilhões, tornando o Golpe um dos maiores do Brasil não apenas no campo das criptomoedas. Os valores da Unick Forex e de seus sócios apreendidos durante a Operação Lamanai continuam bloqueados mas, como revelou a PF, são insuficientes para pagar os clientes.

As investigações também resultaram no indiciamento de 13 pessoas ligadas ao Golpe, incluindo seu presidente Leidimar Lopes, o diretor de marketing, Danter Silva e as demais pessoas presas na operação. Segundo informações, ainda não confirmadas pela PF, o Diretor Jurídico da Unick Forex, Fernando Lusvarghi, que estava foragido teria sido preso.

A Polícia Federal revelou também que o relatório é parcial e que as investigações contra a empresa e seus operadores continuam para identificar outros possíveis crimes. Atualmente os operadores da Unick Forex respondem por lavagem de dinheiro, evasão de divisas, crimes contra a economia popular, entre outros.

A Unick Forex é acusada de ser uma pirâmide financeira que aplicava supostos golpes por meio do oferecimento de investimentos com Bitcoin e criptomoedas no mercado Forex (que é proibido no Brasil). A empresa oferecia rendimentos de até 400% e 4% por dia, contudo já havia sido notificada a parar com suas atividades pela Comissão de Valores Mobiliários do Brasil (CVM).

Como noticiou o Cointelegraph, mesmo com seus líderes presos acusados de diversos crimes a Unick Forex declarou em outubro que esperava retomar suas atividades o mais rápido possível.

Durante a Operação Lamanai que prendeu os líderes da Unick Forex foram apreendidos:

44 carros de luxo, totalizando mais de R$ 5 milhões em valores da tabela da Fipe
Duas BMW X6, avaliadas em R$ 390 mil.
Um Porsche Panamera, de R$ 400 mil
Uma Range Rover Velar, avaliada em mais de R$ 400 mil
1550 Bitcoins
Bloqueio judicial de 9 imóveis (valor não divulgado)
R$ 200 milhões em diversas contas bancárias
R$ 747 mil reais em dinheiro
R$ 85 mil reais em moedas estrangeiras
Diversas jóias, que estão passando por perícias para identificar autenticidade

Confira mais notícias