Plataformas de exchanges do Grupo Bitcoin Banco saem do ar; empresa fala em manutenção

As plataformas das exchanges do Grupo Bitcoin Banco, NegocieCoins e TemBTC, saíram do ar nesta terça-feira, 26 de novembro. A assessoria do GBB diz que as plataformas estão em "manutenção temporária e em breve retornarão ao ar".

A assessoria também diz que não há previsão de retorno e não tem detalhes técnicos sobre a manutenção.

O Grupo Bitcoin Banco entrou em outubro com um pedido de recuperação judicial para todas as empresas do grupo, incluindo a NegocieCoins e a TemBTC, com objetivo de congelar as dívidas, reorganizar a empresa e estabelecer um plano de pagamento para seus credores, que excedem a casa dos milhares.

Como explicou o Cointelegraph Brasil, a recuperação judicial é o último passo de uma empresa no Brasil para evitar a falência. Um especialista disse ao CT que a Justiça deve determinar um administrador, que deve reunir os ativos e passivos da empresa, e que o GBB deve cumprir o plano de recuperação, caso contrário não terá outra alternativa senão decretar a falência do grupo.

Parte dos clientes do GBB é contra a recuperação judicial, uma vez que a empresa está proibida de atuar pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), pois acreditam que o Grupo não tem condições de operar e recuperar-se das dívidas que acumulou.

O Grupo Bitcoin Banco vive grave crise financeira, com milhares de credores com saldo bloqueado junto à empresa, que oferecia arbitragem de investimentos em BTC, e processos de clientes correndo na Justiça pedindo ressarcimento.

Continue lendo: