F2 Trading, pirâmide financeira proibida no Brasil, oferece investimentos de Bitcoin em Portugal

A F2 Trading, empresa de investimentos em Bitcoin proibida de operar no Brasil depois de ser condenada por pirâmide financeira, está atuando em Portugal e em Dubai em busca de investidores para seus produtos de investimento. A notícia foi divulgada nesta terça-feira pelo a TV portuguesa TVI.

Segundo investigação da TVI, a F2 Trading, antes conhecida no Brasil como FX Trading, estaria realizando reuniões em Lisboa às terças-feiras para angariar investidores de Bitcoin, "garantindo 'dinheiro fácil' e prometendo prêmios chorudos [grandes], como carros de luxo ou grandes cruzeiros".

A rede de TV portuguesa chegou a infiltrar um repórter com uma câmera escondida no encontro, que mostra um vendedor prometendo que com os investimentos os clientes poderiam "ganhar muito dinheiro e ter uma vida boa", mostrando possibilidades de investimentos que vão de US$ 100 a US$ 50.000 dólares.

Um dos vendedores define os investimentos na F2 Trading como "dinheiro fácil", mostrando prêmios para quem trouxesse novos clientes: automóveis de luxo como Ferrari e Lamborghini, e até mesmo um iate particular. 

O texto diz ainda que "o esquema está montado em forma de pirâmide", explicando que os retornos de investimento no início seriam obtidos de forma fácil, mas conforme o processo evolui os riscos aumentam, até que clientes começam a deixar os investimentos e a pirâmide supostamente desmorona.

A TVI informa que o Ministério Público português já investiga a F2 Trading por sua atuação no país, mas a Comissão de Valores Mobiliários de Portugal não quis comentar o caso.

Como noticiou o Cointelegraph Brasil em agosto, a FX Trading parou de pagar clientes e desativou sua plataforma no Brasil depois de condenação da Comissão de Valores Mobiliários. Porém, logo depois a empresa foi reaberta sob outro nome, F2 Trading.

Mesmo investigada pelo Ministério Público, a empresa seguiu atuando, promovendo um evento com participação da banda pop Jota Quest e promovendo até mesmo um jingle oficial que falava em Ferraris e Lamborghinis.