FATF endurece controle sobre exchanges cripto para prevenir lavagem de dinheiro

A Força-Tarefa de Ação Financeira (Financial Action Task Force - FATF) anunciou hoje que vai focar no papel das moedas digitais no combate à lavagem de dinheiro e endurecimento da regulação, como notou o secretário Steven Mnuchin no discurso de encerramento.

A FATF — uma organização intergovernamental que tem foco nos esforços contra a lavagem de dinheiro — planeja endurecer o controle sobre exchanges de criptomoedas para prevenir que moedas digitais sejam usadas em lavagem de dinheiro e crimes relacionados.

O Secretário do Tesouro dos EUA Steven Mnuchin disse que as novas medidas vão requerer que provedores de serviços de ativos cripto cumpram requisitos contra lavagem de dinheiro (anti-money laundering e AML e combate ao terrorismo da mesma forma que as instituições tradicionais. As recomendações finais do panfleto têm mais informações sobre o assunto.

No caso, a organização deseja que os operadores de criptomoeda estabeleçam a identidade por trás dos remetentes e destinatários dos fundos cripto, realizem a devida diligência para garantir que não estejam envolvidos em atividades ilícitas e desenvolvam programas baseados em riscos, entre outros. Mnuchin disse:

“Ao adotar os padrões e diretrizes acordados nesta semana, o FATF garantirá que os provedores de serviços de ativos virtuais não operem nas sombras. Isso permitirá que o setor fintech emergente fique atento contra regimes desonestos e simpatizantes de causas ilícitas em busca de meios para levantar e transferir fundos sem detecção.”

Simon Riondet, diretor de inteligência financeira da Europol, uma agência de aplicação da lei da União Europeia, disse mais cedo em entrevista à Reuters que a lavagem de dinheiro com criptomoedas têm crescido. "Também temos algumas investigações na darknet sobre os pagamentos feitos em moedas cripto, às vezes em Bitcoin [BTC], e eles estão mudando para criptomoedas mais anônimas ", disse Riondet.

Como já publicado anteriormente, outros participantes do setor expressaram preocupações de que a tecnologia blockchain teria de ser fundamentalmente reestruturada - ou então ver a criação de um sistema paralelo complexo construído entre as exchanges - para satisfazer os novos requisitos de relatórios, enquanto outros estão preocupados com o aumento nos custos de conformidade.