DD Corporation promete pagar todos os investidores mas só a partir de 10 de fevereiro

A DD Corporation, conhecida também como Dreams Digger, anunciou que pagará todos os seus investidores mas somente em 10 de fevereiro do próximo ano, segundo declaração do CEO da empresa, Leonardo Araujo.

"Os ataques e problemas não impactaram nosso caixa. A partir d 10 de fevereiro iremos pagar todos os investidores (...) não se trata de problema de caixa (...) Em breve traremos mais informações", disse Araújo.

Junto a declaração Araujo teria apresentado supostas provas do caixa da empresa para pagar os investidores durante uma viagem que teria realizado com líderes da DD para Cancúm.

A empresa está com saques atrasados há pelo menos dois meses, com diversos relatos de clientes nas Redes Sociais. O portal Reclame Aqui, por exemplo, já registra diversas reclamações, nenhuma delas respondida pela empresa.

"Em agosto, aderi ao investimento. Hoje, quero cancelar o contrato. Já preenchi o Termo de Cancelamento enviado pela própria empresa, com firma reconhecida, 3 vias (1 para cada conta que fiz) e não obtenho um retorno sequer. O prazo médio de resposta do suporte, antigamente, eram 1 a 2 dias úteis. Terei diversas taxas abatidas do meu investimento, como o próprio Termo menciona. Não há problema! Está no contrato. Apenas desejo meu saldo final o quanto antes", desabafou um investidor da Bahia.

Já outro investidor, este de São Paulo, declara que fez um investimento de US$ 500, "e a alguns dias não posso mais ter acesso aos meus investimentos... E ao pedir o cancelamento do meu investimento, simplismente sou ignorado!", declarou.

Investigações no Ministério Público e CVM

Prometendo rentabilidade garantida de até 4% por meio de aplicações em Bitcoin e criptomoedas no mercado Forex, proibido no Brasil pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a DD Corporation atuava também com estratégias de Marketing Multinível.

"Em análise preliminar, há indícios de que Dreams Digger seja uma fraude. Recomendamos muita cautela", disse a CVM informando também que deve se manifestar sobre o caso em sua página oficial.

O caso da DD está sendo analisado pelo Grupo de Atuação Especial de Combate a Sonegação Fiscal e Crimes Contra a Ordem Tributária do Ministério Público da Bahia que recebeu uma denúncia alegando que a DD atuava como uma pirâmide financeira.

Saída do Marketing Multinível

Recentemente a empresa anunciou sua saída do segmento de marketing multinível mas garantiu não ter encerrado suas atividades.

"A DD Corporation agradece aos seus mais de 300.000 afiliados pelo empenho e dedicação que tiveram nos últimos anos. Foram meses e meses de colaboração mútua e um período de crescimento e aprendizado. Informamos que nossas operações através do segmento de marketing multinível findam em 31/12/2019. Informamos ainda que continuamos trabalhando normalmente  e que todos os filiados terão seus contratos honrados em sua totalidade, somente o modelo adotado pela empresa (MMN) é que foi interrompido", diz o comunicado.

Como noticiou o Cointelegraph, recentemente Leonardo Araújo realizou uma festa de luxo para 260 convidados com show exclusivo da banda Capital Inicial.

Confira mais notícias