Hyperledger Exec: Blockchain diminuirá o poder dos gigantes da tecnologia como o Google

O diretor executivo do Hyperledger, Brian Behlendorf, disse que espera que a tecnologia blockchain reduza o poder das principais empresas de tecnologia do Vale do Silício, informou hoje a Cointelegraph auf Deutsch, em 6 de junho.

Em entrevista ao jornal de negócios suíço Handelszeitung, Behlendorf disse que a próxima onda de tecnologia "não será moldada pelo Vale do Silício", acrescentando que muitas empresas no Vale do Silício querem ser o centro do mundo e "ter um ponto cego quando trata-se de blockchain. ”Behlendorf afirmou:

“Gigantes da tecnologia como Google, Amazon ou Facebook, sem dúvida, vão pegar blockchain e gerar modelos de negócios a partir dele. No entanto, acho que o núcleo do Blockchain - como tecnologia descentralizada - diminuirá seu poder de mercado”.

Behlendorf disse que vê um paralelo entre o blockchain atual e o boom da criptomoeda, e a loucura das pontocom no final dos anos 90:

“Era a época em que os fundadores do Vale do Silício poderiam aproveitar qualquer tipo de plano de negócios. Até mesmo o mercado de investimentos ao redor da Blockchain hoje está superaquecendo. O lado bom é que, desse modo, muito capital está fluindo para desenvolver software”.

De acordo com Behlendorf, a Hyperledger “não está olhando para o mercado de ICO [oferta inicial de moeda] nem para o mercado de criptomoedas. Estamos olhando apenas para o potencial da tecnologia blockchain. ”Ele acrescentou que os projetos de blockchain em testes de cadeias de suprimento não recebem atenção suficiente.

A Juniper Research, sediada no Reino Unido, publicou recentemente um estudo, sugerindo que a integração da tecnologia blockchain por empresas multinacionais de tecnologia era apenas uma questão de tempo. De acordo com o estudo, 6 entre 10 dessas empresas estão considerando adotar a tecnologia ou já estão em processo de desenvolver seus próprios serviços blockchain.

No mês passado, o Facebook formou um Comitê Exploratório Blockchain liderado pelo membro da diretoria da Coinbase, David Marcus. Marcus disse que a equipe iria "explorar a melhor forma de alavancar blockchain no Facebook, começando do zero".