Regulador australiano emite nova advertência contra golpe com criptomoedas

A Australian Securities and Investments Commission (ASIC) emitiu outra advertência em 21 de maio contra um projeto fraudulento relacionado às criptomoedas.

De acordo com o relatório, o regulador financeiro australiano publicou hoje uma advertência contra uma entidade fraudulenta operando sob dois nomes, a Dartalon Ltd e a GFC Investments.

A ASIC deu sinal vermelho para a entidade, afirmando que a mesma “fez chamadas não solicitadas ou enviou e-mails sobre investimentos, consultoria financeira, crédito ou empréstimos”, embora não possua uma licença de Serviços Financeiros da Austrália ou uma licença de Crédito Australiano da ASIC.

De acordo com a Finance Magnates, o website da GFC Investments oferece ao público a chance de negociar várias criptomoedas, bem como câmbio estrangeiro (forex) e contratos por diferenças. No site, a entidade afirma que estabeleceu seus negócios em 2012.

Anteriormente, a ASIC havia lançado uma advertência contra cinco projetos enganosos de oferta inicial de moedas (ICO) e fundos de criptoativos direcionados a investidores de varejo. O regulador também revelou planos para aumentar a supervisão reguladora nas exchanges de criptomoedas e ICOs.

International Inquiries Related to Fraudulent Crypto Offers in May

No início de maio, o regulador da bolsa de valores francesa AMF reportou um aumento de 14.000% em consultas relacionadas a ofertas de criptomoedas fraudulentas em 2018 na comparação com 2016.

Na semana passada, o Cointelegraph informou sobre duas startups irmãs, a RepuX e a JoyToken, que fraudaram investidores em um total de US$ 8 milhões.