Kleyton Alves, da A2Trader, mente sobre CVM e desafia rindo, 'se fechar o site eu abro outro'

Kleyton Alves, fundador da A2 Trader, acusada de ser uma pirâmide financeira, gravou uma 'live' no dia 21 de setembro no qual declara que as notícias de que a Comissão de Valores Mobiliários do Brasil, CVM, analisa as atividades da empresa, não passam de Fake News.

Entretanto, Alves é quem vem divulgando notícias incorretas. Basta realizar uma busca no site da CVM, no menu na lateral esquerda em "Processo" - "Consultar Andamento de Processo", depois no botão, "Consulta de Processos Administrativos" e no campo "Requerente" digiitar "A2 Trade".

Processo: 19957.006371/2019-42 (SP2019/378)

Andamentos Abertos

Processo aberto somente na unidade:
GER-3 - Gerência de Registros 3

Informações do Processo

Processo:19957.006371/2019-42 (SP2019/378)
Data de Autuação:17/06/2019
Tipo do Processo:Orientação: DENÚNCIA
Interessados:

Gerência de Orientação aos Investidores 2
A2 TRADER
KLEYTON ALVES PINTO
https://a2trader.investments
32.668.235/0001-42

Além de declarar que a CVM não analisa as atividades da empresa, Alves ainda diz que a "CVM só quer derrubar empresas" e que o dinheiro dos investidores está aplicado no Mercado Forex no exterior.

"Informamos a existência do Processo Administrativo SEI nº 19957.006371/2019-42, que foi aberto em decorrência de denúncia contra A2 TRADER. (...) Caso sejam identificados indícios de atuação irregular da A2 TRADER e/ou do Sr. Kleyton, poderá a CVM determinar a suspensão da atividade irregular, aplicar as sanções administrativas previstas no art. 11 da Lei 6385 e comunicar a ocorrência de crime contra o mercado de capitais e/ou a existência de indícios de crime de ação pública, ao Ministério Público", disse a CVM.

Lembrando que a atividade de Forex é proibida no Brasil justamente pela CVM que afirma que ninguém, até o momento, está liberado para atuar neste segmento ou captar recursos de cidadãos brasileiros para investir neste mercado.

"Até o presente momento, não há qualquer oferta relacionada ao mercado Forex registrada na CVM ou corretora autorizada pela Autarquia a atuar nesse mercado. O material deixa claro que os investidores que decidem investir nesse mercado ficam expostos não só aos riscos relacionados à estratégia de investimento, mas também à insegurança decorrente de fornecer dados pessoais a entidades de idoneidade incerta", diz a CVM

Alves ainda declara que nenhum governo pode mexer no dinheiro dos investidores que aplicaram na A2 Trader e que os sites que divulgam denúncias sobre a empresa fazem isso pois são "pagos para isso". e afirma, rindo, que a autarquia pode até fechar o site, mas eles abrem outro.

"Muita gente acha que a CVM vai fechar a A2 trader, não é assim (....) Seu dinheiro  está onde nenhum governo pode mexer. No máximo que pode acontecer é eles tiraram o site do ar, no máximo. Mesmo assim, isso não faz diferença nenhuma (...) se tirar do ar a gente abre outro, simples, nossos servidores estão fora do Brasil", declara.

O fundador da A2 Trade também afirma que a empresa não realiza operações em Bitcoin mas que esta ajustando a plataforma para operar com a criptomoeda

Como noticiou o Cointelegraph, a CVM está analisando, além da A2 Trader, outras duas empresas que oferecem investimento em marketing multinível ligado a criptomoedas, sob acusação de operarem pirâmides financeiras.

As empresas são a Blue Benx e NYC Technology que têm oferecido a seus clientes grandes rendimentos através de diversas operações envolvendo Bitcoin e outras criptomoedas.