YouXWallet anuncia fim das atividades, diz que nunca garantiu lucro e que Bitcoins serão pagos em contato com jurídico
Inscreva-se

A YouXWallet empresa que era comandada por Joab Santos anunciou o fim das atividades, segundo um vídeo gravado pelo próprio Santos que também 'partiu para cima' de líderes da empresa e afirmou que nunca garantiu lucros para seus usuários.

"A YouXWallet encerrou suas atividades (...) Nunca garantimos nenhum tipo de ganho ou rentabilidade justamente por causa deste risco. Por isso sempre destacamos que poderíamos dar rentabilidade de até 3% por dia mas nunca garantimos isso. A pessoa poderia inclusive perder todo seu capital (...) Em momento algum existia essa garantia, nunca uma pessoa ganharia 400% de rentabilidade. Isso está nos termos do negócio. Somente quem fosse liderança, e chegasse ao nível máximo tinha chance de ganhar 400%", destacou.

Ainda segundo Santos, os líderes da YouXWallet, ou seja, aquelas pessoas que convidaram outras pessoas para o negócio devem ser responsabilizados também pelos problemas na empresa pois não teriam avisado as pessoas dos riscos envolvidos no negócio.

"Fiquei impressionado com isso (...) Apesar de líderes terem total conhecimento de que a rentabilidade não era garantida muitos se posicionaram de maneira contrária (...) Se o líder não informou as regras, ele tem responsabilidade sobre isso, se ele omitiu essas informações ele tem total responsabilidade sobre isso (...) Ninguém realizava um trabalho filantrópico. Todo mundo tinha responsabilidade sobre o negócio", destacou.

No vídeo, que tem mais de uma hora, Joab fala dos problemas da empresa e alega que os saques começaram a atrasar em outubro devido a diversos fatores, como a queda no preço do Bitcoin, ataques hackers, criação de contas que não existiam e diversos outros problemas na plataforma.

"Ninguém tem a fórmula só para ganhar. a gente trabalha no mercado de alto risco e de renda variável (...) a própria volatilidade do mercado de criptomoedas, afetando a nossa empresa. O bitcoin estava a 13 mil dólares e depois caiu a 7 mil. vulnerabilidade de hackers, ataques ao sistema e outras coisa que prejudicaram a empresa e por isso contratamos uma auditoria para verificar a real situação da empresa que obteve uma grande perda de capital resultando numa falha muito grande na hora de cumprir os pagamentos"

Acusada de ser uma pirâmide financeira baseada em Bitcoin, Joab refutou a alegação, disse que a empresa não é uma pirâmide e que os retornos sobre os investimentos não eram garantidos como ocorre em golpes contra a economia popular.

"Todo mundo sabe que dentro do mercado financeiro, há operações de risco. Mas a partir do momento que você expõe seu capital a possibilidades de alto rendimento, você sabe que está participando de operações de alto risco. E sempre deixamos isso bem claro em todos nossos manuais"

Joab ainda disse que está a disposição de qualquer autoridade para falar sobre o que aconteceu com a empresa e que está vivendo os piores dias de sua vida.

“Tenho vivido os piores dias de minha vida pois este negócio está custando a minha paz. e o preço que vc paga pela perda da paz é muito alto. Jamais tive a intenção de prejudicar ninguém”

Sobre o pagamento dos clientes da empresa, Joab Santos apenas declarou que todos os canais de comunicação foram encerrados e que, aqueles que desejarem reaver os valores investidos, devem entrar em contato com o jurídico da empresa, por e-mail.

Enquanto isso, no portal Reclame Aqui, clientes da empresa seguem reclamando sobre o atraso nos pagamentos e destacam que devem procurar a justiça para resolver os problemas.

"Joab Santos Teixeira, dono da YouXWallet ja havia participado em outras empresas piramideiras como telexfree, perdi 4.000 reais nisso, isso prova o Brasil que vivemos hoje", declarou um investidor de Aurora, Ceará.

Já outro suposto cliente da YouXWallet, declarou não há queixas de Joab sobre a suposta 'invasão' de hackers na plataforma.

"Empresa sendo investigada pela CVM, acusada de pirâmide financeira. Inventou uma conversa que o site foi hackeado, mas não prestou queixa da invasão, ou se quer, mostrou provas ou indícios do fato. O fato é que todos os que investiram nela não conseguem realizar saques", disse o investidor de Caruaru, no Pernanbuco.

Como vem noticiando o Cointelegraph, por conta das atividades da YouXWallet que atuava no Brasil sem autorização da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), Joab Santos, foi interrogada na Delegacia de Combates a Crimes Cibernéticos, da Polícia Civil de Salvador. O depoimento teria durado cerca de 3 horas.

"Ele tenta se furtar de ser o mentor desta pirâmide financeira. Aproveitamos o ensejo para informar os telespectadores que no mercado financeiro não há nenhuma aplicação financeira que dê 20%, 30% ao mês", destacou o Delegado da Polícia Civil, João Roberto Cavadas, que acompanha o caso.

Joab já teria participado de outro suposto golpe financeiro, a Telexfree, tanto que em 2011 o presidente a YouXWallet apareceu em uma reportagem do Fantástico, como divulgador da Telexfree na Bahia e ostentava dinheiro e carros importados. Em 2014 a empresa foi proibida de atuar no Brasil se seus articulares respondem a processos judiciais

Confira mais notícias