Investidor blockchain dos EUA Terpin ganha mais de US$ 75 milhões em caso de SIM Swapping

O investidor cripto e blockchain dos Estados Unidos Michael Terpin vai receber US$ 75,8 milhões em um caso contra um jovem de 21 anos chamado Nicholas Truglia,  que teria fraudado seus ativos cripto. A Reuters reportou a notícia em 10 de maio.

Segundo o texto, a Corte Superior da Califórnia na última semana ordenou ao residente em Manhattan Truglia o pagamento pelo ressarcimento e danos produzidos. A quantia serua a maior já concedida em um julgamento na indústria cripto até agora, diz a Reuters.

Como já publicado, Terpin registrou queixa contra Truglia em dezemmbr, depois de preencher documento contra a AT&T em agosto. Terpin acusou a empresa de negligência que teria permitido ao suspeito a ganhar controle sobre o telefone de Terpin e roubado o equivalente a US$ 24 milhoes em cripto.

Truglia e outros participantes queriam ter controle sobre os tokens de Terpin ao transferir seu número de telefone e tomar seu controle, mudando senhas e acessando contras online. Truglia teria sido preso em novembro por roubar US$ 1 milhão via SIM swapping.

Como o Cointelegraph noticiou ontem, o Departamento de Justiça dos EUA indiciou em quinze crimes um grupo de hackers chamado “The Community” por SIM swapping para roubar criptomoedas.