Tron e Tether anunciam parceria para emitir USDT na rede Tron até o segundo trimestre de 2019

O protocolo blockchain Tron (TRX) e o Tether, emissor da stablecoin USDT, anunciaram uma parceria para introduzir o USDT à rede Tron no segundo trimestre de 2019. A notícia foi compartilhada com o Cointelegraph nesta segunda-feira, 4 de março.

O próximo USDT baseado no TRC20 - um termo que indica a adesão a um padrão técnico de token suportado pela blockchain do Tron - será interoperável com todos os protocolos baseados em Tron e aplicativos descentralizados (DApps), permitindo ainda transações e troca de moedas fiat através da blockchain.

O USDT, que foi lançado em 2014, facilitou o desdobramento sem atrito das moedas fiat para o mercado de criptomoedas, permitindo que os usuários armazenassem e trocassem valor sem o ônus de tempo de processamento lento das transferências em moedas fiat.

O Tron - que se posiciona como competidor do Ethereum (ETH) devido à união de finanças descentralizadas com um ecossistema descentralizado de Internet - afirma que a adição do USDT irá “elevar o ecossistema de aplicações descentralizados (DApps) existentes, melhorar o armazenamento geral de valor e aumentar a liquidez da Decentralised Exchange (DEX) ”.

O comunicado afirma ainda que o USDT no Tron também fará com que a blockchain seja mais receptiva a parceiros de nível corporativo e investidores institucionais.

Como informado recentemente, o CEO do Tron, Justin Sun, anunciou o lançamento de um hard fork, que ocorreu em 28 de fevereiro, projetado para fornecer funcionalidade amigável à instituição, juntamente com recursos como habilidades de assinatura múltipla e opções de gerenciamento de contas.

A expansão do ecossistema Tron deu um passo significativo no ano passado com a aquisição do BitTorrent que lançou seu token BitTorrent (BTT) baseado em Tron no início de 2019, o que impulsionará os planos do par para uma plataforma descentralizada de distribuição de conteúdo em evolução.

Como informado pelo Cointelegraph, a oferta inicial de moeda do BTT na plataforma Binance Launchpad arrecadou US$ 7,1 milhões com a venda de 50 bilhões de tokens em menos de 15 minutos.

O Tether, que continua a comandar a maior parte do mercado de stablecoin, está vendo, no entanto, a crescente concorrência com um fluxo constante de novas ofertas fiat desde o ano passado.

A stablecoin também já enfrentou controvérsias, depois que os críticos sugeriram que as reservas em dólar não correspondiam à quantidade de tokens em circulação. Em dezembro passado, a Bloomberg afirmou que o Tether possui a quantidade apropriada de reservas fiat. O Tether não divulgou uma auditoria oficial de suas participações.