Tron sofrerá hard fork em fevereiro para adicionar recursos amigáveis à instituição, confirma CEO

Plataforma de desenvolvimento blockchain e o proprietária da BitTorrent, a Tron vai estrear uma série de atualizações através de um hard fork no final do mês, confirmou seu CEO, Justin Sun, em rede social em 23 de fevereiro.

A Tron, que se apresenta como concorrente da Ethereum (ETH) no lançamento de tokens de criptomoedas e outras ofertas, está se preparando para aumentar seu apelo aos usuários institucionais.

De acordo com Sun, o hard fork fornecerá recursos de manuseio da instituição, bem como outros recursos, como habilidades de assinatura múltipla e opções de gerenciamento de conta.

O token TRX da Tron pareceu reagir à notícia quando ela apareceu na semana passada, antes que uma queda no preço do Bitcoin (BTC) tivesse feito a altcoin cair 9% na segunda-feira.

Sob a batuta de Sun, a empresa buscou um programa de expansão agressivo, em que adquiriu a BitTorrent, operadora do popular cliente de torrent uTorrent, no ano passado.

Ao mesmo tempo, as medidas publicitárias de Sun foram alvo de críticas devido à condenação pública do Ethereum.

Como a Cointelegraph relatou, alguns comentaristas pegaram ranço do Tron, com Jed McCaleb da Stellar (XRM) criticando a plataforma em uma entrevista no ano novo.

No mês passado, a BitTorrent concluiu uma oferta inicial de moeda (ICO) para levantar fundos, esgotando os tokens em minutos, com o seu preço desde então subindo até 600 por cento de seu valor no momento da emissão.