Associação Cripto de Cingapura lança código de prática

A Associação de Empresas e Startups de Criptomoeda (ACCESS), de Cingapura, desenvolveu um Código de Prática em parceria com o escritório de advocacia multinacional Linklaters.

Um relatório da Global Legal Post, publicado em 19 de agosto, revelou que a ACCESS tinha o apoio da Autoridade Monetária de Cingapura (MAS) - o banco central do país e autoridade reguladora - e também consultou a Associação de Bancos em Cingapura para lançar a nova iniciativa.

Lidando com os riscos de AML/CFT

O novo Código de Práticas se enquadra no escopo da ACCESS de "Padronização de Práticas em Cripto", que fornece diretrizes detalhadas para o combate à lavagem de dinheiro e esforço contra o financiamento do terrorismo (AML/CFT) (incluindo as melhores práticas de Conheça seu Cliente - KYC) para entidades do setor de ativos digitais.

O novo Código destina-se a promover ainda mais a conformidade regulamentar e a abordar as preocupações relacionadas com os riscos de AML/CFT.

Em um comunicado, Peiying Chua - chefe da prática de regulação financeira da Linklaters em Cingapura - caracterizou a iniciativa como uma indústria em mutação e disse que iria "melhorar a conduta de empresas de criptoativos e imobiliárias em Cingapura e pavimentar ainda mais a reputação de Cingapura como uma jurisdição líder no espaço blockchain e fintech.”

Uma aposta pela competitividade das fintech globais

O presidente da ACCESS, Anson Zeall, apontou para os recentes desdobramentos no regime regulatório de cripto de Cingapura, observando que os país está se tornando mais competitivo no nível internacional.

Ele observou que as mudanças recém-propostas no imposto sobre bens e serviços (GST) do país em relação a tokens de pagamento digital ajudarão a diminuir as despesas e os custos para as empresas do setor emergente.

A perspectiva de Zeall foi recentemente ecoada por um sócio na prática de impostos corporativos da PwC Hong Kong, que argumentou que a tentativa do governo de eliminar o GST de 7% pelo uso de criptomoedas para pagar por bens e serviços terá um impacto positivo nas exchanges cripto. gerenciadores de ativos e empreendedores de blockchain.