Investidores enganados ateiam fogo em casa de suposto líder de pirâmide financeira

Sphele ‘Sgumza’ Mbatha, chefe da empresa Bitcoin Wallets, que funcionava principalmente na África do Sul, teve sua casa roubada e incendiada por investidores indignados que descobriram estar envolvidos em um suposto esquema de pirâmide, conforme divulgou o Times Live nessa quarta-feira (10),

A Bitcoin Wallets prometia lucros de 100% em 15 dias, um número fora da realidade até para grandes empresas de investimentos ou mesmo outros golpes e pirâmides financeiras.

Mbatha havia defendido a empresa na rádio local, mas, pouco tempo depois, anunciou ter sido vítima de um “hack” e pediu que os investidores não utilizassem mais os serviços da sua plataforma. 

Como vingança, parte desses investidores se reuniram na sede da Bitcoin Wallets e na casa de Mbatha, o que resultou no ataque que terminou com o imóvel incendiado.

Um líder comunitário local, que falou em condição de anonimato, explicou que o golpe iludiu milhares de pessoas nos últimos meses na cidade de Ladysmith, que fica entre Joanesburgo e Durban.