Pesquisa: Crescem os sinais do setor de ICO após o inverno cripto

O setor de ofertas iniciais de moeda (ICO) está mostrando sinais de um aumento devido ao sentimento positivo do investidor, aparentemente estimulado pelo recente rali do mercado de cripto. Os dados foram revelados em um novo relatório da plataforma de classificação de tokens ICObench, compartilhada com o Cointelegraph em 25 de maio.

Fornecendo dados a partir de 21 de maio, o relatório observa que a taxa de sucesso de ICOs aumentou, refletindo ostensivamente um aumento na qualidade dos projetos. 85% do total de recursos arrecadados até agora em maio teriam pertencido a projetos com alta (3-3,5) classificação - contra 68% em abril.

De acordo com os dados do ICObench, o número de projetos publicados em maio aumentou em 157 para atingir 5.512 projetos, com 287 ICOs em andamento e 140 esperadas vendas de tokens.

O relatório observa que os dados do total de recursos arrecadados até agora em maio foram superados pela oferta inicial de exchange (IEO) de US$ 1 bilhão da exchange de criptomoeda Bitfinex - elevando o total de recursos arrecadados via venda de tokens neste mês para aproximadamente US$ 1,075 bilhão.

Conforme relatado, uma IEO representa um modelo alternativo para a oferta de tokens, em que uma exchange cripto centralizada opera as vendas e, ostensivamente, controla os próprios projetos e os possíveis investidores.

Além da Bitfinex, as IEOs da Economi e da Poseidon levantaram, cada uma, cerca de US$ 10,5 milhões e 2,4 milhões, respectivamente, segundo o relatório. A soma de todos os recursos arrecadados entre as 5 principais IEOs (excluindo a da Bitfinex) atingiu até o momento quase US$ 15,5 milhões.

A grande oferta da Bitfinex resultou em maio como sendo o mês com os maiores fundos captados até agora em 2019. Nos dados históricos do ICObench - que representam maio de 2018 até 21 de maio de 2019 - apenas maio e junho de 2018 registraram níveis mais altos de recursos captados via vendas de tokens.

Em termos de distribuição geográfica, as Ilhas Virgens Britânicas assumiram a liderança em termos de recursos captados, seguidas pelas Ilhas Cayman. O Reino Unido contribuiu com o maior número de ICOs - com 9 projetos -, mas alcançou apenas o 7º lugar em termos de fundos totais.

Em meados de maio, a Bitfinex revelou seu próprio utility token nativo de exchange, o LEO, para o qual a exchange aparentemente levantou US$ 1 bilhão em uma IEO privada - eliminando a necessidade de uma oferta pública. Também neste mês, juntamente com a spin-off Ethfinex, a Bitfinex lançou uma plataforma de IEO.

A exchange, entretanto, continua a desafiar os processos judiciais desencadeados pelas recentes acusações da Procuradoria Geral de Nova York (NYAG) contra ela. A NYAG alega que a empresa perdeu US$ 850 milhões em depósitos de usuários e subsequentemente encobriu secretamente o déficit usando fundos de sua empresa irmã, a operadora da stablecoin Tether.