Ministério Público foi comunicado sobre práticas ilegais da Investimento Bitcoin, suposta pirâmide que anunciou com Datena

Conforme já havia adiantado o Cointelegraph, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) vai oficiar o Ministério Público para que investigue as atividades da Investimento Bitcoin, reforça hoje, 28 de agosto, o jornal Valor.

A área técnica da CVM acredita que a empresa não passa de uma Pirâmide Financeira que usa supostos investimentos em bitcoin e criptomoedas para aplicar golpes em pessoas.

A CVM destaca que a Investimento Bitcoin não têm registro na autarquia e portanto oferece serviços de forma ilegal no Brasil.

"Não há nenhuma verossimilhança na afirmação de que a sociedade atue com investimentos em opções binárias ou no mercado Forex [compra de uma moeda simultaneamente à venda de outra], pois tais rendimentos são variáveis e extremamente voláteis, não sendo possível garantir um retorno positivo pré-determinado", diz a Procuradoria Federal Especializada junto à Comissão de Valores Mobiliários (PFE-CVM), em parecer com data de 21 de agosto deste ano, segundo o Valor.

O Ministério Público foi acionado "em função da existência de indícios da prática de crime de ação penal pública".

Recentemente, como reportou o Cointelegraph, um dos mais respeitados apresentadores da Televisão Brasileira, José Luiz Datena, que há anos comanda programas televisivos no qual denuncia criminalidades e golpes financieros ajudou a promover a suposta pirâmide financeira com Bitcoin em seu programa. Um vídeo com a divulgação de Datena pode ser conferido no Youtube

Processo: 19957.005011/2019-23 (SP2019/238)

Andamentos Abertos

Processo não possui andamentos abertos.

Informações do Processo

Processo:19957.005011/2019-23 (SP2019/238)
Data de Autuação:29/04/2019
Tipo do Processo:Orientação: DENÚNCIA
Interessados:Gerência de Orientação aos Investidores 2
Investimentobitcoin
www.investimentobitcoin.com