Polícia do Amazonas alerta consumidores contra pirâmides de criptomoedas

A Polícia Civil do Amazonas emitiu um comunicado nesta sexta-feira, 08 de novembro, através da Delegacia Especializada em Crimes contra o Consumidor, alertando a população contra pirâmides financeiras envolvendo criptomoedas.

O delegado Eduardo Paixão, titular da alerta sobre a proliferação dos golpes no estado do norte do Brasil:

“Os interessados no serviço oferecido se iludem com promessas de ganhos elevados com criptomoedas. A partir disso, formulamos os sete passos com o intuito de auxiliar a população que almeja investir em moedas virtuais. É importante que o investidor procure saber quem lidera a empresa e consultar a Comissão de Valores Mobiliários, para saber se a venda é regulamentada.”

Segundo a PC de Manaus, as empresas que oferecem serviços fraudulentos possuem os chamados "líderes", que apostam na ostentação para de conseguir novos clientes para conseguir mais rendimentos e bônus. Eles também oferecem rendimentos irreais, variando de 1,5% a 5% ao dia, com retorno garantido e planos de rentabilidade a partir de produtos que envolvem compra fixa e chegam até a oferecer uma "criptomoeda" própria.

Segundo a PC de Manaus, todas as características são próprias de golpes de pirâmide financeira envolvendo criptomoedas.

Continue lendo