Moscou e três regiões russas vão testar cripto e tecnologia DLT legalmente, segundo mídia local

Moscou e mais três regiões russas vão testar legalmente o uso de criptomoedas e tecnologia blockchain technology, segundo a agência local Izvestia publicou em 24 de abril.

O Ministério de Desenvolvimento Econômico da Rússia estaria planejando o teste de tecnologias emergentes ainda não reguladas como blockchain e cripto, assim como realidade aumentada e virtual, tecnologia quântica, inteligência artificial e robótica.

Como escreve a Izvestia, as atuais tecnologias não reguladas têm planos para testes em Moscou, Kaliningrado, Oblast de Kaluga e Krai de Perm para acelerar a adoção de novas soluções tecnológicas. Especificamente, o experimento está pronto para ser implementado na forma de ambientes regulatórios controlados, segundo o texto.

As atividades relacionadas a criptos e blockchain como negociações cripto e mineração não são reguladas na Rússia. O Duma, como é conhecido o parlamento russo, recentemente postergou suas considerações sobre a lei “On Digital Financial Assets”, enquanto o presidente Vladimir Putin já estabeleceu uma data-limite para a adoção de regulações para a indústria, até 1o de julho de 2019.

Enquanto isso, no começo da semana, o presidente da Rússia propôs a adoção de uma moeda digital na Criméia para atrair investidores e evitar sanções. Em 9 de abril, o instituto de pesquisas do país VTsIOM publicou uma pesquisa dizendo que apenas 2% dos russos já havia investido emBitcoin (BTC) até então.