Liquidatários da exchange hackeada Cryptopia soltam relatório: US$ 4,2 milhões de débitos com credores

Os liquidatários da Cryptopia, a agora extinta exchange cripto da Nova Zelândia, divulgaram o primeiro relatório sobre a situação da empresa, segundo documentos publicados em 31 de maio.

Grant Thornton, nomeado recentemente liquidatário da Cryptopia, divulgou uma declaração de estimativa do estado financeiro da empresa, informando que a exchange hackeada deve um total de US$ 4,22 milhões a seus credores.

De acordo com o relatório, existem 69 débitos a credores que não estão garantidos, totalizando US$ 2,439 milhões, com os liquidatários acrescentando que esperam receber novas reclamações, aumentando assim o montante.

O relatório também indica que os direitos dos empregados nos dados de liquidação representam cerca de US$ 318.000.

Em um comunicado à imprensa que acompanha o relatório, Thornton afirmou que os liquiatários da exchange, David Ruscoe e Russell Moore, ainda estão no processo de garantir e recuperar os ativos cripto da empresa que foi comprometida com o hack da Cryptopia em meados de janeiro.

O relatório observa que os liquidatários receberam uma ordem judicial dos tribunais da Nova Zelândia, autorizando-os a usar certos ativos cripto para recuperar e preservar ativos. Thornton acrescentou que, no atual estágio da investigação, eles não podem prever uma data em que a liquidação será concluída.

O perito legal escreveu:

“Estamos cientes e entendemos a frustração dos clientes da Cryptopia. Como não há precedente legal sobre os ativos cripto na Nova Zelândia e no mundo, a distribuição desses ativos e a conduta geral da liquidação exigirá uma direção significativa dos tribunais neo-zelandeses”.

A Cryptopia foi vítima de um grande hack no início de 2019, com uma estimativa de cerca de US$ 16 milhões de fundos roubados. Após a nomeação como liquidatário da exchange, Thornton alrrtpu que os credores teriam que esperar meses, não apenas semanas, para recuperar seus fundos.

Recentemente, analistas descobriram que hackers transferiram uma parte dos ativos cripto roubados da Cryptopoa para outra exchange.