Urgente: Justiça determina apreensão de bens de Leidimar Lopes e todos sócios da Unick Forex

A Justiça do Rio de Janeiro condenou Leidimar Lopes e todos os sócios da Unick Forex a devolverem um totla de R$ 28.500 a um cliente que iniciou um processo contra a empresa por atraso em saques na plataforma e danos morais, a decisão foi publicada em 12 de setembro de acordo com o portal Livecoins.

De acordo com a decisão citada na materia, a suposta pirâmide financeira que afirmava investir em Bitcoin prometendo retornos acima de 30% sobre os investimentos, foi feita 'a revelia', ou seja, os réus no processo não apresentaram sequer defesa das acusações.

No polo da ação também foi incluinda uma empresa chamada BRI Group Brasil Investimetnos Eirelli, que também terão os bens penhorados, até o valor da ação, para cobrir a dívida da determinação judicial.

Como noticiou o Cointelegraph, a Unick Forex, suposta pirâmide financeira de Bitcoin, além de saques atrasados e de estabelecer um novo recorde de reclamações no portal Reclame Aqui, com mais de 8 mil reclamações, também não está pagando as multas dos carros de luxo ligados a empresa, e teve um Chevrolet Camaro, com adesivos da empresa, supostamente pertencente a 'líderes' da Unick Forex, recolhido por agentes de Trânsito da cidade de Canoas na manhã de quinta-feira, 05 de setembro.