Unick Forex não paga Bitcoin a clientes e nem multas de trânsito e tem Camaro guinchado

A Unick Forex, suposta pirâmide financeira de Bitcoin, além de saques atrasados e de estabelecer um novo recorde de reclamações no portal Reclame Aqui, com mais de 8 mil reclamações, também não está pagando as multas dos carros de luxo ligados a empresa, conforme reportagem da Agência GCB.

Segundo a publicação, um Chevrolet Camaro, com adesivos da empresa, supostamente pertencente a 'líderes' da Unick Forex, foi recolhido por agentes de Trânsito da cidade de Canoas na manhã desta quinta-feira, 05 de setembro.

O veículo foi abordado pelas autoridades durante uma blits e apreendido devido acumular multas e taxas não pagas superiores a R$ 5 mil. O veículo foi recolhido pelos agentes de trânsito e agora, para ser retirado do pátio, além da dívida o proprietário deverá pagar diárias do pátio e taxas administrativas pela apreensão.

 

Com saques atrasados há mais de 3 meses, a Unick anunciou recentemente uma criptomoeda própria, supostamente lastreada em recursos imobiliários. Além de uma nova plataforma que promete resolver o problema dos clientes.

No entanto a empresa também tem divulgado informações 'preocupantes', uma delas, feita pelo próprio presidente da empresa, Leidimar Lopes, afirmando que a empresa não iria mais pagar os supostos rendimentos da platafoma, apenas os valores investidos pelos usuários e, mais recentemente, a empresa passou a pedir que antes de receber, clientes declarassem em cartório que haviam sido pagos.

Como noticiou o Cointelegraph, clientes que têm seus fundos presos em plataformas de negociação de criptomoedas no Brasil estão recorrendo a grupos no WhatsApp e no Telegram para tentar vender seus Bitcoin (BTC) com até 50% de desconto.

Grupos sob os nomes BitCraudio (referência aos Bitcoins presos na NegocieCoins), BitUnick e BitAtlas ganharam os aplicativos de mensagens com os usuários negociando as criptomoedas e tentando se desfazer dos fundos enquanto não conseguem completar suas ordens de saque.