'Fui enganado por um perfil falso do CEO da Binance e perdi 91 Bitcoins' diz investidor

O venezuelano José Ramón Armas, que mora com a família na Flórida, nos Estados Unidos, alega ter perdido mais de 91 Bitcoins em um golpe aplicado por uma pessoa que se passava pelo CEO da Binance, Changpeng Zhao, conhecido como CZ, reportou o site CriptoNotícias.

Segundo a publicação, o investidor de Bitcoin ficou feliz quando o filho, de apenas 9 anos, montou uma barraca para a venda de limonada e destacou que os pagamentos poderiam ser feitos em BTC. O pai, orgulhoso da atitude do filho, tirou uma foto e publicou em sua conta pessoal do Instagram.

A foto foi comentada por familiares e amigos que aplaudiram a atitude empreendedora do garoto. No entanto, entre os comentários, o investidor recebeu uma reação de aplausos que era assinada por CZ.

Ao observar a reação do suposto CZ, Armas pediu que ele comentasse a foto postada em seu perfil. Rapidamente, CZ fez o comentário e ambos começaram uma conversa pela funcionalidade de mensagens do aplicativo.

Durante as mensagens, o suposto CZ, se mostrou muito atencioso e educado e, em determinado momento enviou um link para Armas no qual afirmava que se tratava de um novo projeto da exchange em parceria com a LocalBitcoin, Coinbase, Huobi e Blockchain e pediu para o venezuelano abrir o link e conferir.

No entanto o link não passava de um phishing e uma vez aberto possivelmente instalou um malware no dispositivo e conseguiu roubar as credenciais de Armas e todos os seus Bitcoins.

“Um chinês comentou a foto, não sei se ele ou fingindo ser ele (o proprietário da plataforma Binance) @changpenqzhao que tem mais de 18 mil seguidores. Ele entrou em contato comigo em particular e começou a conversar comigo gentilmente, depois me enviou um link para uma página que ele está promovendo. Acontece que eu baixei e abri o aplicativo em um dos meus computadores e o ladrão invadiu todos os meus computadores e meu telefone celular. Aparentemente, ele também violou minhas chaves de segurança, onde tenho todo o dinheiro e roubou 91,57 bitcoins”, destacou ao portal.

Armas não informou o endereço para o qual os fundos foram transferidos e nem onde suas criptomoedas estavam armazenadas. Entretanto a história reforçou o alerta sobre golpes que tem sido aplicado na internet usando personalidades do mundo cripto como Elon Musk, Vitalik Buterin e tantos outros.

Como noticiou o Cointelegraph, o último episódio da saga Star Wars vem sendo usado por hackers para distribuir malwares e roubar Bitcoins e dados de clientes segundo publicação feita pela empresa especialista em segurança, Kaspersky.

A empresa afirmou ter encontrado cerca de 30 sites fraudulentos do filme ‘Star Wars: Episódio IX – A Ascensão Skywalker’. Todos eles, supostamente, distribuem cópias gratuitas do filme mais recente da franquia para coletar dados de cartões de crédito das vítimas descuidadas com o pretexto de um registro obrigatório no portal.

Recentemente também anúncios fraudulentos de Bitcoin (BTC), ligados à Martin Lewis, continuaram aparecendo nas mídias sociais, apesar dos esforços anteriores de Lewis para impedir práticas ilegais. Depois que o especialista financeiro britânico entrou com uma ação por difamação contra o Facebook, por exibir anúncios falsos de criptomoeda não endossados por Lewis em 2019, novos anúncios de fraude agora foram vistos no Instagram, de propriedade do Facebook.

Confira mais notícias