From Adoption to FOMO: Reasons Behind Ripple’s Leap

Na última semana, o preço da altcoin da Ripple (XRP) atravessou o teto. A companhia registrou um crescimento sem precedentes de 140% nos últimos sete dias, um aumento de quase 63% nas últimas 24 horas, sendo negociado a cerca de US $ 0,61 no momento do texto.

O XRP foi tão longe a ponto de bater o Ethereum (ETH) para ser classificado em segundo lugar pelo total de capitalização de mercado em CoinMarketCap (e retornou para o terceiro posto no momento do texto). O que poderia levar o preço tão alto? Enquanto não há uma resposta definitiva para essa pergunta, aqui estão alguns antecedentes e teorias.

Background: O que o Ripple traz para a mesa?

A Ripple é uma empresa de protocolo e rede de pagamentos baseada na Califórnia que foi criada em 2012. Essencialmente, ela foca na facilitação de transferências entre grandes corporações financeiras.

O Ripple não é exatamente sua criptomoeda média — de fato, alguns podem argumentar que não é nem uma criptomoeda. Ele defende uma ideologia menos convencional para o setor: a Ripple não quer derrubar o governo junto com o sistema bancário. Por outro lado, optou por trabalhar com os principais agentes financeiros desde o início. Como Brad Garlinghouse, CEO da Ripple, disse à Cointelegraph em março:

“Estávamos, desde o início, realmente observando como trabalhamos com os governos, como trabalhamos com os bancos. E eu acho que alguns na comunidade cripto têm sido muito, "Como nós destruímos o governo? Como contornar os bancos?”

Garlinghouse acredita que os governos não vão a lugar algum, dizendo: "Na minha vida, eu não acho que isso está acontecendo" — e é por isso que ele acha lógico cooperar com eles e trabalhar dentro da estrutura regulatória existente. Essa atitude ajudou a Ripple a formar parcerias cruciais com importantes players, incluindo a provedora de serviços de pagamento baseada na China Lian-Liana Autoridade Monetária da Arábia Saudita e a Western Union, entre outras.

O token nativo da Ripple é o XRP. No entanto, a empresa traça uma linha entre eles: A Ripple se apresenta como uma empresa de tecnologia, enquanto o XRP é um “ativo digital independente” construído sobre a tecnologia blockchain de código aberto chamado XRP Ledger. De acordo com seu website, a Ripple usa o XRP e o XRP Ledger em seus produtos, como o xRapid, e possui 60 bilhões de XPR — no entanto, supostamente ele não controla o token nem a tecnologia.

Teoria nº1: lançamento do xRapid

A xRapid é uma ferramenta apoiada por blockchain projetada pela Ripple para facilitar as transferências fiat transfronteiriças entre instituições financeiras.

A Ripple espera usá-lo para abrir caminho ao sistema financeiro convencional: depois de testar a plataforma para executar pagamentos entre EUA e México em maio, isso demonstrou uma economia de 40 a 70% nos custos de transação. Ignorando os provedores de câmbio convencionais, o xRapid também aumentou a velocidade das transações para “pouco mais de dois minutos”. Em comparação, de acordo com pesquisa da McKinsey, os pagamentos internacionais típicos levam de três a cinco dias úteis para serem concluídos.

O recente impulso pode ser explicado pelo recente anúncio da empresa de que o xRapid poderia ser lançado comercialmente "no próximo mês", o que foi feito pelo diretor de relações regulatórias de Ásia-Pacífico e Oriente Médio da Ripple, Sagar Sarbhai. CNBC em 17 de setembro:

"Estou muito confiante de que no mês que vem, mais ou menos, você verá boas notícias chegando onde lançamos o produto ao vivo na produç&atil