Western Union confirma que está testando a tecnologia Ripple para transferência de dinheiro

O provedor de serviços financeiros Western Union (WU) está testando transações com o uso do sistema de liquidação Ripple (XRP) baseado em Blockchain, o diretor financeiro da empresa Raj Agrawal disse em uma entrevista com a Bloomberg em 14 de fevereiro.

A empresa de transferência de dinheiro globalmente conhecida Western Union confirmou que está testando o Ripple após mais de um mês de especulações impulsionadas por rumores que começaram no início de janeiro. O anúncio vem depois que a Western Union reportou seus resultados de 2017, alegando uma receita de $1,4 bilhão - um aumento de 5% em relação ao ano anterior.

Como o CEO da Ripple, Brad Garlinghouse, disse à Bloomberg, a WU decidiu procurar sua plataforma para facilitar as transferências de dinheiro, particularmente as transfronteiriças. Garlinghouse explicou sua escolha alegando que o Ripple permite transações que são "mil vezes mais rápidas e mil vezes mais baratas do que as do Bitcoin".

De acordo com a Bloomberg, o presidente executivo da Western Union, Hikmet Ersek, também confirmou que o teste está ocorrendo durante uma conferência telefônica na terça-feira, 13 de fevereiro.

"Estamos olhando especialmente na liquidação de processamento e no otimização de capital de trabalho, também na parte de regulação, na parte de conformidade nas capacidades de blocos," disse Ersek, acrescentando "que temos alguns testes com o Ripple."

O Ripple (XRP) é um protocolo de liquidação baseado em Blockchain e uma criptomoeda que atingiu quase metade da capitalização de mercado do Bitcoin no início de janeiro de 2018, quando seu preço foi para mais de $3,00 por moeda. Em meados de janeiro, no entanto, o preço do XRP retornou para um pouco mais de $1.00.

Na quarta-feira, 14 de fevereiro, o Cointelegraph informou sobre uma parceria assinada entre o Ripple e a Autoridade Monetária da Arábia Saudita (SAMA) para fornecer a tecnologia para pagamentos transfronteiriços a bancos do Reino da Arábia Saudita (KSA).


Siga-nos no Facebook