Presidente francês pede que a Europa use blockchain para inovar na indústria agrícola

O presidente francês, Emmanuel Macron, defendeu o uso da blockchain para inovar a gestão da cadeia de suprimentos na indústria agrícola europeia. O presidente fez sua declaração durante a 56ª Feira Internacional de Agricultura, em Paris, no sábado, reportou o site agronômico togolês Agridigitale em 23 de fevereiro.

Macron pediu a união entre as nações europeias para combater a concorrência dos mercados globais de China, Rússia e Estados Unidos, ressaltando a importância da Política Agrícola Comum (PAC) da UE nesse sentido.

Ele identificou três estratégias amplas para promover a indústria agrícola do continente e manter uma vantagem competitiva, afirmando que "nenhum agricultor ou consumidor quer ser submetido aos ditames de países não europeus". Entre essas estratégias estava uma chamada à inovação usando tecnologias de vanguarda tais como blockchain, com Macron dizendo:

“Vamos fazer isso na Europa, a vanguarda da tecnologia agrícola, desenvolvendo ferramentas que rastreiam cada produto, desde a produção da matéria-prima até a embalagem e o processamento. A inovação está lá e deve ser usada no mundo agrícola, ela deve ser totalmente utilizada porque está a serviço da excelência compartilhada e servirá ao consumidor.”

A blockchain pode trazer transparência para a produção e distribuição agrícola para amenizar as crescentes preocupações dos consumidores sobre a proveniência e sustentabilidade dos produtos, acrescentou ele.

Juntamente com uma discussão sobre as políticas ecológicas no âmbito da PAC, Macron também se concentrou em oportunidades de desenvolvimento compartilhado na África, exigindo que a França "exporte seu know-how" e promova a força dos mercados emergentes.

Como reportado, Macron - um ex-executivo de telecomunicações - apoiou a inovação digital como uma ferramenta para reformar a administração francesa e impulsionar a economia nacional desde seus primeiros dias no cargo. Em 2017, o presidente prometeu transformar a França em uma nação startup - um sentimento seguido pelo ministro da Economia e Finanças do país, Bruno Le Maire, que disse que a França está pronta para uma revolução blockchain.

À medida que a blockchain ganha cada vez mais força globalmente para reengajar a agricultura - através da gestão, financiamento e integridade da cadeia de suprimentos - um relatório divulgado no outono de 2018 prevê que a blockchain no mercado agrícola valeria mais de US$ 400 milhões até 2023.

Neste mês, o governo chinês lançou uma nova estrutura para promover o uso da blockchain no setor de financiamento agrícola.