Fidelity Investments busca talentos para sua divisão de ativos digitais

A empresa norte-americana de gestão de investimentos Fidelity Investments está buscando talentos para sua subsidiária de ativos digitais, a Fidelity Digital Assets, de acordo com a lista de ofertas de emprego da empresa.

A Fidelity está à procura de nove profissionais em áreas que vão desde analytics e engenharia de dados, até arquitetura de soluções blockchain e engenharia de soluções blockchain.

A empresa está contratando um vice-presidente de arquitetura de soluções (blockchain e criptomoedas), um engenheiro de software blockchain, entre outras posições relacionadas. Algumas das ofertas de emprego exigem experiência em áreas como criptografia, criptomoedas, segurança cibernética e ciência de dados.

Como publicado anteriormente, a Fidelity - que está planejando lançar o Bitcoin (BTC) para clientes institucionais nas próximas semanas - fez uma série de contratações nos últimos meses.

O ex-executivo do banco de investimento britânico Barclays, Chris Tyrer, entrou para a Fidelity Digital Assets. A ex-diretora de vendas e marketing da Coinbase, Christine Sandler, foi apontada como chefe de vendas e marketing da empresa.

A Fidelity Digital Assets foi lançada março deste ano para um seleto grupo de clientes. Na oportunidade a empresa afirmou: "estamos operando com um grupo seleto de clientes elegíveis e continuaremos expandindo lentamente."

Como uma pesquisa da Fidelity Investments revelou no início de maio, 22% dos investidores institucionais já possuem ativos digitais, enquanto 47% dos entrevistados disseram que veem um lugar para ativos digitais em suas carteiras de investimento. A pesquisa, no entanto, mostrou que a falta de regulamentação, a volatilidade, o histórico limitado e a falta de fundamentos são grandes obstáculos ao investimento em ativos digitais.