Parceiro de tecnologia da Coinbase refuta suposto recolhimento e venda de dados do usuário a terceiros

A Elliptic, uma empresa de análise de blockchain sediada em Londres - que fornece tecnologia para a Coinbase, principal exchange cripto dos EUA - refutou alegações de que coleta e vende dados de usuários de clientes para terceiros por ganhos financeiros.

Em uma declaração oficial publicada em 4 de março, o CEO e cofundador da Elliptic, James Smith, afirmou que a empresa nunca "permitiu a violação da privacidade financeira dos indivíduos", e que tais acusações representam uma incompreensão fundamental do papel da Elliptic na indústria.

A Elliptic é uma das principais empresas  do setor de inteligência blockchain, fornecendo ferramentas analíticas que permitam que empresas, governos e órgãos de segurança pública monitorem transações de blockchain e rastreiem atividades ilícitas suspeitas, como a lavagem de dinheiro.

Conforme reportado, as acusações de que tais players podem estar circulando os dados dos usuários entre seus clientes vieram à tona quando foi pedido a uma executiva sênior da Coinbase que justificasse a agora controversa aquisição da empresa de análise de blockchain Neutrino.

A executiva havia alegado que a integração da Neutrino junto à Coinbase foi necessária, dado que os provedores de tecnologia externos existentes supostamente estavam vendendo os dados dos usuários da Coinbase para fontes externas.

Em sua declaração, Smith negou veementemente essas alegações, que não disseram explicitamente o nome da Elliptic ou de qualquer outra firma de inteligência blockchain. Não obstante, ele escreveu que tais insinuações “fundamentalmente não compreendem os dados que analisamos, a percepção que compartilhamos com nossos clientes e o papel que desempenhamos na indústria”. Smith acrescentou:

“Nossos clientes de exchanges, incluindo a Coinbase, não nos fornecem nenhuma informação pessoalmente identificável sobre seus usuários. Nossos clientes usam nossas soluções para selecionar transações específicas para risco. [...] Permitimos somente que nossas soluções sejam usadas para combater crimes financeiros e não permitem que sejam usadas para marketing, inteligência de negocios ou qualquer outra finalidade."

Além da declaração de Smith, a Elliptic publicou uma extensa seção de perguntas mais frequentes (FAQ) em que descreve os mecanismos exatos e a natureza dos dados que usa para triagem de transações e a análise de atores potencialmente suspeitos e transferências de fundos.

A seção de FAQ afirma novamente que “a Elliptic nunca solicita ou requer nenhum dado do usuário final de seus clientes”, e não detém nem distribui nenhum dado de KYC, o que declara não ser relevante para suas atividades.

Como relatado hoje, em resposta ao furor da comunidade de cripto sobre a aquisição da Neutrino, o CEO da Coinbase, Brian Armstrong, revelou que a equipe da Neutrino, que tiveram conexões prévias com a controversa empresa de software Hacking Team, não assumirá suas novas funções na exchange.