Polícia britânica vai leiloar US$ 600.000 em Bitcoin confiscados nesta quarta-feira

A polícia britânica está leiloando meio milhão de libras esterlinas (US$ 621.400) em Bitcoin (BTC) apreendido, informou o London Economic em 25 de setembro.

Os fundos foram confiscados de um criminoso que havia oferecido seus serviços de hacker em troca de Bitcoin e havia roubado e vendido ilegalmente dados pessoais.

A venda representa a primeira vez que fundos confiscados em criptomoeda são vendidos em nome das autoridades do Reino Unido, de acordo com a reportagem.

Além do Bitcoin, a polícia também está vendendo ativos pertencentes ao criminoso, incluindo carros, jóias com diamantes e um relógio de luxo Rolex.

O leilão, administrado pela casa de leilões Wilsons Auctions que tem sede na Irlanda, será lançado de maneira on-line nesta quarta-feira e na quinta-feira, 26 de setembro, de forma física.

Foi, foi e acabou "fondo"

Como reportado anteriormente, a Wilsons Auctions havia vendido mais de US$ 400.000 em Bitcoin apreendido e outras criptomoedas em nome do governo belga em março.

Os Estados Unidos foi o primeiro país a começar a organizar leilões para a venda de criptomoedas apreendidas pelas autoridades em 2014, com Bitcoins confiscados no famoso mercado negro on-line Silk Road.

O investidor americano Tim Draper aparentemente venceu o leilão da Silk Road em 2014 por 29.656 Bitcoin perdidos, conforme relatado à época.