Bitfinex alega que foi 'vítima de fraude' em resposta à recente prisão do presidente da Crypto Capital

A Bitfinex, maior exchange de criptomoedas do mundo, alega que foi "vítima de uma fraude", em resposta à recente prisão do presidente da exchange Crypto Capital.

Bitfinex continuará a recuperar fundos perdidos

Após o relatório da prisão divulgado em 24 de outubro, o Cointelegraph recebeu uma declaração de resposta de Stuart Hoegner, consultor geral da Bitfinex, em 25 de outubro. A declaração procura estabelecer a empresa como “vítima de fraude” e negar possíveis acusações de atividade ilegal.

No comunicado, a Bitfinex alegou que qualquer acusação de que a Crypto Capital, que era um antigo processador de pagamentos da Bitfinex, lavou fundos ilícitos a pedido da Bitfinex ou de seus clientes, é "categoricamente falsa". A exchange escreveu:

“Os desenvolvimentos desta semana não afetam ou impedem as negociações de fundos na Bitfinex, na Polônia ou em qualquer outro lugar. Continuaremos trabalhando para recuperar todos os fundos para, e em nome, de nossos clientes”.

A prisão por lavagem de dinheiro

Conforme relatado, Ivan Manuel Molina Lee, presidente da Crypto Capital, foi preso pelas autoridades polonesas, supostamente por envolvimento em lavagem de dinheiro por meio de criptomoedas, para facilitar cartéis internacionais de drogas. Especificamente, Molina Lee teria sido detido com base em um mandado de detenção europeu, em conexão com US$ 350 milhões, que foram anteriormente apreendidos pelo Ministério da Justiça polonês.

Como um dos principais processadores de pagamento de criptomoedas, a Crypto Capital atendeu as exchanges mais conhecidas no setor, incluindo Binance, Kraken, BitMEX e Bitfinex.

A Bitfinex alega que a Crypto Capital enganou a empresa por anos

Como relatado anteriormente, a Crypto Capital é supostamente responsável pela perda de US$ 880 milhões da Bitfinex. Em 18 de outubro, a empresa controladora da Bitfinex, IFinex, apresentou um pedido de descoberta para recuperar o acesso a mais de US$ 880 milhões em fundos vinculados à Crypto Capital, alegando que simplesmente não mantinha o fundo dos clientes da Bitfinex.

Em declaração recente, a Bitfinex observou que a Crypto Capital processou por vários anos alguns fundos para e em nome da Bitfinex. A exchange elaborou que, na época, a Bitfinex contava com representações da Crypto Capital, incluindo as de Molina Lee e outro executivo, Oz Yosef (Oz Joseph), que acabaram se revelando enganosas. A Bitfinex disse:

“Entre esses enganos, a Crypto Capital se referia regularmente à sua integridade, experiência bancária, programa robusto de conformidade e licenças financeiras. Isso foi projetado para garantir que a Crypto Capital fosse capaz de lidar com as transações da Bitfinex.”

Outro diretor, Oz Yosef, teria sido indiciado por três acusações criminais pelo procurador dos Estados Unidos no Distrito Sul de Nova York, de acordo com a Bitfinex.