Controlador do Bitcoin Banco firma acordo, recupera carros de luxo e encerra processo judicial

O contradolador do Grupo Bitcoin Banco, Cláudio Oliveira, reverteu um processo na Justiça e, por meio de um acordo, conseguiu recuperar carros de luxo que estavam bloqueados pela Justiça, conforme reportou o Porta do Bitcoin, em 30 de julho.

Segundo a reportagem, um entendimento foi firmado entre as partes, resultando na extinção do processo e, portanto, na liberação dos veículos que haviam sido bloqueados conforme reportou o Cointelegraph.

A Assessoria de Imprensa confirmou o acordo mas destacou que não pode se manifestar pois o processo corre em segredo de justiça mas confirmou que "os veículos em questão continuam na posse do proprietário".

Como reportou o Cointelegraph, uma série de ações judiciais foram abertas contra o Grupo Bitcoin Banco, a grande maioria dos processos tem como causa o atraso que as plataformas do grupo tem apresentado para realizar saques dos usuários. Em alguns processos a justiça têm determinado bloqueio de bens, enquanto em outros negado o pedido dos autores.

O GBB também já reverteu decisões judiciais referentes a bloqueios de contas e valores. Grande parte das ações corre em segredo de justiça e aguarda decisões.

Em sua defesa a empresa alega que, o problema nos saques ocorre por conta de atividades maliciosas que ocorream na plataformas do Grupo e que os responsáveis pela fraude devem ser investigados pela Justiça. O GBB alega também que vêm buscando resolver os saques atrasados.