ZenGo faz demonstração de prova de conceito de carteira sem chaves para o Libra do Facebook

A solução de carteira cripto não custodial ZenGo criou um projeto de código aberto que ofereceria uma prova de conceito (PoC) para sua habilidade de suporte à moeda virtual da gigante de social media Facebook, o Libra, segundo um anúncio oficial da ZenGo em 2 de julho.

De acordo com o anúncio, este projeto de prova de conceito mostra que é possível realizar transações do Libra na rede de testes da blockchain do Libra. No entanto, os resultados são limitados, como o relatório adverte:

“Obviamente, esse experimento é baseado apenas em uma rede de teste e teremos que explorá-lo mais uma vez depois do Libra disponibilizar sua rede. Além disso, não há interface de usuário nesta PoC e é desnecessário dizer que uma interface de usuário apropriada é necessária para um produto utilizável. ”

O anúncio também aborda brevemente a carteira nativa anunciada pelo Facebook, a Calibra. De acordo com o relatório, o ZenGo vê o Calibra como uma boa solução de custódia, mas diz que os usuários não podem ter controle total sobre o Libra - o slogan é "não são suas chaves, nem seu Bitcoin"- e é necessário fazer um registro processo com ID emitido pelo governo para usar a carteira.

A ZenGo, por outro lado, usa uma técnica chamada Threshold Signatures Scheme (TSS) que remove a necessidade de chaves privadas. A ZenGo acredita que o gerenciamento de chaves privadas é muito complicado para o usuário médio, por isso eles desenvolveram o TSS para evitar por completo as soluções de custódia e chaves privadas.

Em termos leigos, é assim que o ZenGo descreve a função criptográfica do TSS:

“O TSS remove a necessidade da chave privada atômica única e divide esta responsabilidade entre várias partes. Cada uma das partes gera seu próprio segredo e usa esse segredo para assinar, de forma distributiva, uma transação sem revelar o segredo às outras partes. ”

Em abril, a ZenGo recebeu US$ 4 milhões em financiamento de investidores, incluindo a gigante sul-coreana de tecnologia Samsung. 

Como já publicado pelo Cointelegraph, o Facebook não pretende lançar a Calibra na Índia, devido à atual proibição das criptomoedas. Um projeto de lei recentemente proposto na Índia chamado de “Banimento de Criptomoedas e Regulamentação do Projeto Oficial de Moeda Digital de 2019” sugere uma sentença de prisão de até 10 anos para envolvimento em operações de criptomoeda no país.