CEO da Binance diz que WeChat Pay usa blockchain para rastrear pagamentos

O CEO da Binance, Changpeng Zhao (CZ), foi ao Twitter em 25 de outubro para dizer que havia “recebido a palavra” de que o WeChat Pay coloca recibos na blockchain, juntamente com uma captura de tela de um recibo com um link para um explorador de blocos.

Por que CZ se importa tanto?

Globalmente, empresas em quase todos os setores estão implementando soluções blockchain, então por que CZ deve sentir necessidade de comentar sobre isso?

Talvez tenha algo a ver com um caso do início deste mês, na qual CZ anunciou o lançamento de pagamento onramp para a Binance na China, utilizando os serviços de pagamento WeChat Pay e Alipay.

A Alipay rapidamente refutou as afirmações, dizendo que quaisquer pagamentos relacionados à criptomoeda foram banidos de seu serviço.

O WeChat também confirmou sua postura anti-criptomoeda e não há sugestão de que o WeChat Pay seja outra coisa senão um sistema de pagamento centralizado, utilizando blockchain presumivelmente para faturamento.

Como o Cointelegraph relatou em março, a primeira fatura eletrônica da China baseada em blockchain para uma viagem de metrô foi emitida na Estação Futian no metrô de Shenzhen.

Essa tecnologia foi desenvolvida em conjunto pelo Departamento de Tributação Municipal de Shenzhen e a empresa matriz da WeChat e a gigante tecnológica chinesa Tencent.

Hipócrita ou hiper-crítica?

Pode ser que CZ esteja chamando o WeChat de hipócrita por causa de sua proclamada posição anti-cripto enquanto implementa a tecnologia blockchain. Ou talvez ele esteja anunciando o WeChat pelo uso da tecnologia blockchain, apesar de sua posição oficial sobre criptomoedas.

Poucas informações adicionais são fornecidas, embora alguns comentaristas tenham especulado que qualquer conexão com a blockchain que o WeChat possua possa ser alimentada pelo VeChain. Segundo relatos, houve experimentos anteriores com a tecnologia blockchain entre VeChain e Tencent.

Enquanto isso, a Tencent admitiu recentemente que a stablecoin Libra proposta pelo Facebook representaria uma séria ameaça ao WeChat Pay se fosse lançada na China.

Conforme relatado hoje, o presidente da China, Xi Jinping, pediu a adoção acelerada da tecnologia blockchain no país, chamando-a de "avanço" para a inovação privada.