Estado de Ohio suspende serviço por pagamento de impostos com Bitcoin

O tesoureiro de Ohio, Robert Sprague, anunciou a suspensão imediata do site OhioCrypto.com, que permite que as empresas paguem impostos com Bitcoin (BTC).

Em um comunicado à imprensa de 2 de outubro, Sprague anunciou que, de acordo com uma análise interna, era necessária a aprovação do Conselho de Depósito antes de Ohio lançar o site que permitia às empresas pagar impostos com moedas digitais.

Além disso, o Conselho Estadual de Depósito solicitou ao procurador-geral, Dave Yost, que investigasse a questão legal de como o portal de cripto foi criado e se o BitPay - o processador de pagamentos que alimentou o serviço - constituiu um "serviço de transação financeira".

Nesse caso, a empresa deveria ter sido selecionada sob um concurso público de seleção, de acordo com a lei estadual. Sprague disse:

“É vital que o estado de Ohio explore novas tecnologias e processos inovadores que continuem a levar-nos para o futuro. No entanto, devemos garantir que quaisquer novos processos implementados, como OhioCrypto.com, sejam estabelecidos de acordo com a lei de Ohio.”

Desde então, o site foi retirado e redireciona os usuários para o site da secretaria de finanças. Sprague declarou:

“Como tesoureiro de Ohio, é meu trabalho fornecer uma gestão e proteção confiáveis dos dólares dos impostos de Ohio e seguir as leis desse estado. Até que uma opinião formal seja emitida pelo Procurador-Geral, considero prudente suspender o site.”

Pagamento de impostos com cripto não é muito popular

Sprague explicou que nos últimos 10 meses, desde que o site foi lançado, menos de 10 empresas pagaram seus impostos usando o Bitcoin.

O programa foi lançado em novembro de 2018 durante o mandato do tesoureiro anterior de Ohio, Josh Mandel, que disse a repórteres na época que o programa estava "plantando uma bandeira" para o estado em termos de adoção nacional de criptomoedas, acrescentando que ele vê o Bitcoin como uma moeda legítima.

Ohio é o estado da blockchain?

O Cointelegraph relatou anteriormente que a Associação de Auditores do Condado de Ohio anunciou a formação de um grupo de trabalho para explorar os benefícios da blockchain em termos de transações imobiliárias e transferência de títulos de propriedade em vários municípios. Ohio ainda planejava investir mais de US$ 300 milhões em startups de blockchain até 2021, nomeadamente para startups que desenvolvem aplicativos de blockchain para empresas locais, governo, projetos de assistência social e outros.