Unick Forex continua sem pagar e suspende saques por 10 dias, empresa está proibida de operar por decisão da CVM

A Unick Forex, suposta pirâmide financeira que diz investir em Bitcoin e criptomoedas, suspendeu os pagamentos e resgaste por 10 dias, segundo reportagem da revista Exame, publicada em 07 de agosto.

No entanto, antes de mesmo da ação que suspendeu os pagamentos a empresa já vinha sendo alvo de diversas reclamações de clientes sobre atraso em saques na platafoma. Há clientes que têm saques retidos há mais de 2 meses. A empresa não apresenta qualquer solução para resolver as disputas, o que têm levado clientes a procarar a justiça.

Afirmando aplicar no mercado Forex (que é proibido no Brasil) a empresa declara ter mais de um milhão de clientes e 400 colaboradores a empreas, novamente a empresa alega que está fazendo uma atualização de seus sistemas e precisa suspender os pagamentos. Depois, haverá um “cronograma para regularizar todos os pedidos de saques já efetuados” e que não foram pagos.

A Unick Forex já foi proibida de operar no Brasil por conta de determinações da Comissão de Valores Mobiliários do Brasil, CVM, mesmo assim continua com suas atividades. Um processo sancionador foi aberto na CVM para punir com mais vigor a empresa. A Unick pediu prazo para responder o processo mas, até o momento, não apresentou qualquer manifestação.

INFORMAÇÕES DO PROCESSO
Número19957.000238/2019-82 (RJ2019/3052)
Assunto/ObjetoApurar as responsabilidades de UNICK SOCIEDADE DE INVESTIMENTOS LTDA, LEIDIMAR BERNARDO LOPES, ALBERI PINHEIRO LOPES e FERNANDO MARQUES LUSVARGHI por infração ao que dispõem os arts. 16, I, e 19, caput, da Lei 6.385.
Data de abertura24/04/2019
  
Encarregado da Instrução do ProcessoGME
ACUSADOS NO PROCESSO
ACUSADO(S)SITUAÇÃO DO ACUSADO NO PROCESSODATA
ALBERI PINHEIRO LOPESNormal26/04/2019
FERNANDO MARQUES LUSVARGHINormal26/04/2019
LEIDIMAR BERNARDO LOPESNormal26/04/2019
UNICK SOCIEDADE DE INVESTIMENTOS LTDANormal26/04/2019
Total de acusado(s) encontrado(s): 4
OBS: O acesso a Processos Administrativos, inclusive com eventuais restrições decorrentes de sigilo, é disciplinado pela Deliberação CVM nº 481/05.

"Foram apurados indícios de que Leidimar Bernardo Lopes, Alberi Pinheiro Lopes, Alberi Pinheiro Lopes Epp, Roberta da Silva Rossi, RR Consultoria e Serviços, Sebastião Lucas da Silva Gil, Feats Comunicação Criativa Ltda, Israel Nogueira e Souza e Eduardo Fernando Macedo Nogueira captavam clientes irregularmente, por meio do site https://unick.forex (link para site externo), para realização de operações no mercado de valores mobiliários (...) A Autarquia determinou a imediata suspensão de veiculação de qualquer oferta pública de oportunidades de investimento em valores mobiliários realizadas pelas empresas e pessoas citadas anteriormente. Caso não seja cumprida a determinação, estarão sujeitos à multa cominatória diária no valor de R$ 1.000,00 (...) crescemos com responsabilidade",disse o primeiro alerta ainda de 2018, também ignorado pela Unick Forex.

Como reportou o Cointelegraph, a empresa ignorou por completo os alertas da CVM e anunciou, em um vídeo em seu novo canal oficial no Youtube, que não vai parar suas atividade e que isso nunca irá acontecer.