Não confirmado: Rede TON do Telegram será lançada em outubro de 2019 ou contratos com token serão anulados

Os acordos de compra dos tokens Gram do serviço de mensagns Telegram serão encerrados se a Telegram Open Network (TON) não for lançada até 31 de outubro de 2019. Um aparente acordo de compra com os referidos termos foi obtido pela Cointelegraph em 21 de fevereiro.

O contrato detalha as sutilezas legais das compras de tokens Gram, delineando os regulamentos para diferentes jurisdições em relação à distribuição dos tokens. Notavelmente, ele afirma que, caso a rede não seja lançada até 31 de outubro de 2019, o contrato será considerado nulo e sem efeito.

Enquanto o documento fornece o nome do fundador do mensageiro criptografado Telegram, Pavel Durov, ele ainda não foi assinado ou datado. O documento também lista o endereço da Harneys, um escritório de advocacia nas Ilhas Virgens Britânicas, onde a Telegram também está registrada.

Segundo o documento, a empresa pretende criar e lançar uma nova moeda digital chamada “Grams” após o desenvolvimento e lançamento de uma nova plataforma blockchain, a TON Network.

Fontes familiarizadas com o assunto recentemente disseram à Cointelegraph que a TON poderia ser lançada em março de 2019. A fonte da Cointelegraph enfatizou que Durov estava relutante em confirmar uma data específica para a liberação da TON e que a estimativa de março continua sujeita a mudanças.

Segundo a mídia russa The Bell, os investidores foram informados de que a TON está 90% pronta, mas que atrasos são possíveis devido à “natureza inovadora do desenvolvimento”.

Como a Cointelegraph relatou anteriormente, Pavel e Nikolai Durov solicitaram uma "Notificação de Oferta Isenta de Títulos" junto à Comissão de Valores Mobiliários (SEC) em 13 de fevereiro de 2018, relatando ter arrecadado 850 milhões de dólares de 81 investidores na primeira rodada de oferta inicial de moedas (ICO) para “o desenvolvimento da TON Blockchain e o desenvolvimento e manutenção do Telegram Messenger.”

Mais tarde, em março de 2018, os irmãos Durov revelaram que levantaram mais 850 milhões de dólares na segunda rodada de ICO de 94 investidores. Em outubro de 2018, foi reportado que a Telegram lançaria uma versão de teste da plataforma TON “neste outono”.