Transferência de US$ 200 milhões em Tether chama atenção e pode movimentar mercado de criptomoedas

O serviço de monitoramento de transferências Whale Alert registrou, na manhã desta segunda-feira (9), uma enorme transferência da criptomoeda estável (stablecoin) Tether (UDST), de impressionantes US$ 200 milhões.

Muitos analistas afirmam que após a emissão de uma grande quantidade de USDT pela Tether, pode ocorrer um grande movimento de preço das criptomoedas - até o momento, isso não aconteceu após a transferência em questão.

Logo após o ocorrido, o CTO da Tether-Bitfinex, Paolo Ardoino afirmou que a operação foi uma troca de tokens USDT da rede Omni para o padrão ERC-20, da rede Ethereum (ETH).

A atitude de Ardoino acalmou investidores e explicou que a operação foi apenas uma migração de token entre duas das redes utilizadas pela Tether, o que pode explicar a falta de oscilação do mercado após a movimentação financeira. 

O evento também foi noticiado no perfil oficial da Tether no Twitter. A empresa afirmou:

"Em uma hora, o Tether se coordenará com um terceirizado para realizar uma troca em cadeia (conversão do protocolo Omni para ERC-20) por US$ 200 milhões. O suprimento total do cabo não será alterado durante esse processo."

A migração da grande quantidade de USDT para a rede Ethereum mostra o otimismo que alguns participantes do mercado de criptomoedas em relação ao futuro da plataforma.

Após a grande atualização do Ethereum para a nova versão chamada Istambul, realizada no último sábado (7), alguns dos principais participantes do mercado parecem estar reativando o interesse na rede.

A plataforma Ethereum vem sofrendo com a falta de escalabilidade. Novos aplicativos decentralizados criados na plataforma podem congestionar a rede durante períodos de tempo, como foi o caso do jogo Gods Unchained.

Em setembro deste ano, a rede testou um aumento de 25% na sua capacidade após as taxas de transferência se igualaram às praticadas na rede Bitcoin.

No entanto, a transferência de 200 milhões de USDT pode significar que os principais players do mercado de criptomoedas estão se interessando novamente pelo Ethereum e seu padrão de token ERC-20.

Apesar do otimismo de alguns, nem todos estão satisfeitos com o Ethereum. Como mostrou o Cointelegraph, o CEO da Blockstream, Adam Back, acredita que o ETH tem características de moedas fiduciárias centralizadas.