Análise de desempenho das 5 top criptos: Binance Coin, Bitcoin SV, Ripple, Dash, Litecoin

As opiniões e opiniões aqui expressas são unicamente do autor e não refletem necessariamente as opiniões do Cointelegraph.com. Todo investimento e movimentação comercial envolve risco, você deve conduzir sua própria pesquisa ao tomar uma decisão.

Os dados de mercado são fornecidos pela HitBTC exchange.

O mercado das criptomoedas dá sinais de que alcançou o seu piso. O Bitcoin ganhou cerca de 11% em fevereiro, seu primeiro mês com saldo positivo desde julho de 2018.

O Bitcoin não é a única criptomoeda a ser favorecida pelos participantes do mercado. Várias outras moedas importantes também parecem fortes e se recuperaram de suas baixas.

A notícia do Facebook explorando opções para lançar sua própria criptomoeda foi recebida com otimismo. O novo Galaxy S10, smartphone da Samsung, terá uma cripto carteira para Bitcoin e Ethereum. Todos esses esforços introduzirão as criptomoedas para um público global.

Os fundamentos da indústria de criptomoedas têm melhorado nos últimos meses. Os players institucionais estão reconhecendo esse desenvolvimento e começaram a fazer incursões no cripto espaço.

Esperamos uma maior participação das instituições após o mercado de criptomoedas em geral confirmar um fundo. Assim, os operadores podem começar a iniciar posições nas moedas que caíram no fundo ou estão apresentando um boa taxa de recompensa ao risco.

BNB/USD

A plataforma Binance Launchpad concluiu com sucesso a venda do token Fetch.AI (FET) em 22 segundos no dia 25 de fevereiro. Isso mostra que há uma demanda de mercado pelo que o Binance Launchpad faz.

Algumas semanas atrás, uma venda similar do token baseado em Tron (BTT) da BitTorrent foi concluída entre 15-18 minutos. A fim de acelerar o lançamento de sua mainnet, a Binance está distribuindo recompensas para testar a nova plataforma de negociação descentralizada da empresa, a Binance DEX. O Binance Coin (BNB) se beneficiou dessas manchetes positivas.

Os preços podem subir mais? Vamos descobrir.

BNB/USD

O par BNB/USD subiu quase 174% em relação a suas baixas do início de dezembro. Após o recente recuo, o preço cobriu muito terreno e agora permanece apenas cerca de 56% abaixo de suas máximas já alcançadas. Isso mostra claramente uma forte demanda pela moeda digital.

Atualmente, o preço está próximo da resistência crítica de US$ 12. Uma quebra disso pode levar o par para o próximo alvo de US$ 15, e acima dele, para US$ 18.

Por outro lado, se os touros não conseguirem escalar e se manter acima dos US$ 12, alguns dias de consolidação ou uma pequena queda não podem ser descartados. Enquanto os operadores de curto prazo podem comprar em um breakout acima de US$ 12, os jogadores de longo prazo podem esperar por um mergulho menor para entrar.

BSV/USD

O Bitcoin SV (BSV) teve a segunda melhor performance da semana. A cripto se recuperou rapidamente em 25 e 26 de fevereiro à medida em que foi listada pelo processador de pagamentos CoinGate e pela exchange turca Vebitcoin.

O aumento de suporte foi bem recebido pelos participantes do mercado. O preço pode subir ou vai desistir de todos os ganhos recentes?

BSV/USD

O par BSV/USD tem um histórico de negociação curto. Atualmente, está o par tentando chegar mais perto do suporte em US$ 65.031. Múltiplas tentativas de afundar o par falharam, com a venda secando em níveis mais baixos. Este é um sinal positivo que mostra que os compradores estão dispostos a investir nos mergulhos.

Se o preço fechar (fuso horário UTC) acima de US$ 71,412, é provável que suba para US$ 123,980.

Por outro lado, se o par quebrar o suporte de US$ 58.072, uma nova queda para US$ 38.528 se tornará provável.

LTC/USD

A Fundação Litecoin (LTC) fez uma parceria com a liga de kickboxing Glory para fazer do LTC a criptomoeda oficial dos vários eventos da Glory e de sua plataforma de mercadorias online. Com isso, o Litecoin pretende alcançar a grande base de fãs da liga.

LTC/USD

O par de LTC/USD não perdeu muito terreno depois de bater a resistência de US$ 47,2460 três semanas atrás. Isso mostra que os touros não têm urgência em realizar seus lucros após o rali das mínimas.

Se o preço estourar e sustentar acima de US$ 47,2460, indicará um provável piso. O EMA de 20 dias se achatou e o RSI também subiu perto do ponto médio. Isso mostra que os touros estão em vantagem no curto prazo.

Os traders podem comprar em um fechamento semanal (fuso horário UTC) acima de US$ 47,2460 e manter um stop loss abaixo de US$ 29 inicialmente. Isso pode ser superior a US$ 40 nos próximos dias. A meta a ser observada no lado positivo é de US$ 69 e acima disso, de US$ 94.

No entanto, se a moeda digital não conseguir se sustentar acima dos US$ 47,2460, poderá voltar a cair e corrigir para US$ 40 e, abaixo disso, para US$ 29.

XRP/USD

O Ripple (XRP) foi listado na plataforma de negociação Coinbase Pro em 25 de fevereiro. Já em 28 de fevereiro, a Coinbase anunciou o suporte para a moeda digital em sua plataforma de varejo e aplicativos móveis.

A Nasdaq também planeja listar um índice separado que monitore o preço do Ripple. A Comissão Tailandesa de Valores Mobiliários incluiu o Ripple na lista de tokens adequados para ofertas iniciais de moedas.

A Coinbase negou especulações de que o Ripple tenha oferecido algum incentivo ou dinheiro para ter seu token listado na plataforma. Embora tenha havido muita conversa sobre o JPM, recém-anunciada establecoin do JPMorgan Chase, uma pesquisa da Binance concluiu que a moeda não será uma ameaça para o token XRP do Ripple no curto prazo.

XRP/USD

O par XRP/USD continua a operar dentro de um canal descendente. Atualmente, o par tenta subir após conseguir suporte em US$ 0,27795. No entanto, está enfrentando a venda perto da EMA de 20 semanas.

Um aumento acima disso poderia empurrar o preço para a linha de resistência do canal descendente perto de US$ 0,40. Uma interrupção e fechamento (fuso horário UTC) acima do canal indicará uma mudança na tendência.

Por outro lado, se os bulls não conseguirem sair da EMA de 20 semanas, os bears tentarão novamente quebrar os US$ 0,27795. Uma queda abaixo da zona de suporte de US$ 0,24508 - US$ 0,27795 retomará a tendência de baixa.

DASH/USD

O Dash tem sido um popular meio de transação na Venezuela e continua a ganhar terreno. A rede de fast food Church’s Chicken na Venezuela aceita a moeda em 10 de seus 13 estabelecimentos. A rede também continua lançando promoções em colaboração com o Dash para atrair mais pessoas para o uso da criptomoeda.

A exchange de criptomoedas brasileiras CoinBene integrou o Dash, dando à moeda uma oportunidade de expandir sua presença no país.

DASH/USD

O par DASH/USD está tentando formar uma base nas últimas semanas. O preço atualmente está entre US$ 56,214 no lado negativo e US$ 103,261 no lado positivo. O EMA de 20 semanas também está logo acima do intervalo. Assim, uma fuga da EMA de 20 semanas provavelmente atrairá a compra o que pode impulsionar o preço para US$ 175 e, acima dele, para US$ 224.

Por outro lado, se o preço não conseguir sair da linha resistência irá se consolidar por mais algumas semanas.

A tendência se tornará negativa se os ursos puxarem os preços abaixo do suporte de US$ 56,214. Não conseguimos encontrar nenhuma configuração comercial confiável nos níveis atuais.

Os dados de mercado foram fornecidos pela HitBTC exchange. Os gráficos para análises foram fornecidos pela TradingView.