Top 5 das criptomoedas: NEO, LTC, BTC, ETH e XMR

As visões e opiniões aqui expressas são unicamente as do autor e não refletem necessariamente as opiniões do Cointelegraph.com. Todo investimento e movimentação comercial envolve risco. Você deve conduzir sua própria pesquisa para tomar uma decisão.

Os dados de mercado são fornecidos pela exchange HitBTC.

A capitalização total de mercado das criptomoedas chegou perto de quebrar a marca de US$ 100 bilhões em meados de dezembro do ano passado. Naquela época, o sentimento era muito fraco e todo rali já estava vendido. Houve conversas de as criptomoedas que nunca mais veriam suas altas de todos os tempos.

No entanto, avancemos sete meses e a capitalização total de mercado está avançando em direção à marca de US$ 300 bilhões. Cada mergulho está sendo comprado de forma agressiva e algumas criptomoedas já estão batendo em novos máximos. O sentimento mudou em um curto espaço de tempo.

Embora os fundamentos subjacentes tenham melhorado ao longo de 2018, alguns eventos notáveis ​​ajudaram a acelerar a recuperação de 2019. Um deles é o lançamento da criptomoeda secreta do Facebook, chamada Libra. A empresa deve anunciar a lista dos membros fundadores da Libra Associaton e lançar sua testnet de sua blockchain em 18 de junho.

Juntamente com o projeto de cripto do Facebook, os mercados também estão aguardando ansiosamente o lançamento da TON, a plataforma blockchain em desenvolvimento pelo aplicativo de mensagens Telegram. Com a Bakkt tendo anunciado uma data para os testes futuros com Bitcoin em junho, as expectativas são altas de que a plataforma também iniciará as operações em breve. A menos que esses eventos não correspondam às expectativas, uma queda acentuada é improvável. Vejamos os cinco principais artistas entre as principais criptomoedas nos últimos sete dias.

NEO/USD

O cofundador da Neo (NEO), Da Hongfei, anunciou recentemente o EcoBoost, novo fundo de US$ 100 milhões, que visa fornecer apoio a vários projetos em diferentes estágios de desenvolvimento para construir o ecossistema NEO. A primeira fase do projeto começou com os parceiros oficiais serão recrutados.

A atualização recente de seu algoritmo de consenso em sua rede principal é um passo fundamental no desenvolvimento do NEO 3.0, que deverá ser lançado no segundo trimestre do ano que vem. Esses desdobramentos podem propiciar preços mais altos? Vamos descobrir.

NEO/USD

O par NEO/USD não fez nenhuma alarde em sua subida do fundo. Após cada pequeno movimento para cima, ele entra em consolidação antes de subir novamente. Isso parece um acúmulo de mãos mais fortes. O preço manteve-se acima da MME de 20 semanas nas últimas três semanas e a RSI subiu para o terreno positivo, o que mostra que os touros estão no comando.

Atualmente, o par está enfrentando forte resistência na SMA de 50 semanas, acima do qual o rali pode se estender para US$ 20. Se esse nível também for cruzado, é provável uma movimentação para US$ 25. A criptomoeda vai ganhar impulso se fizer um movimento de grande alcance e continuar com ganhos adicionais. Os traders podem observar esse movimento antes de aproveitar o momento positivo.

Nossa visão otimista será invalidada se o preço reverter a direção do movimento atual e cair abaixo da MME de 20 semanas. O próximo suporte a se observar no lado negativo é de US$ 8,17090666.

LTC/USD

O Litecoin (LTC) continuou a ter bom desempenho com vistas a seu próximo "halving" (queda pela metade na mineração), que está a 50 dias de distância. Em um sinal de adoção crescente, o Glory kickboxing está não apenas aceitando o Litecoin, mas também está oferecendo uma oportunidade de pagar um ingresso VIP usando a criptomoeda. Esta adoção é um sinal positivo. Entretanto, após a corrida, é hora de reservar lucros ou ele pode subir mais? Vamos analisar.

LTC/USD

A moeda digital ultrapassou a linha de resistência do canal ascendente e agora está tentando subir a resistência de sobrecarga em US$ 140,3450. Se for bem-sucedida, pode atingir seu objetivo de US$ 158,91, acima do qual a alta pode se estender para US$ 184,7940.

Vimos um grande fundo arredondado que está se desenvolvendo no par LTC/USD. Esta configuração de alta vai completar em um breakout e fechar (no fuso horário UTC) acima de US$ 184,7940, com um objetivo de US$ 346,498. Porém, não ficaremos excessivamente otimistas até que o padrão seja concluído.

A EMA de 20 semanas está inclinada e a RSI entrou na zona de sobrecompra, o que mostra que os touros estão no comando. Contudo, a natureza de sobrecompra da RSI aponta para uma correção suave ou uma consolidação no curto prazo.

Se o par cair dos níveis atuais ou de US$ 140,3450, os touros tentarão defender a linha de suporte do canal ascendente. Se tiverem sucesso, a tendência de alta continuará, caso contrário, o par poderá entrar novamente no canal. A tendência de alta enfraquecerá e nossas projeções de alta serão negadas se os ursos afundarem a criptomoeda abaixo da linha de suporte do canal.

BTC/USD

O Bitcoin (BTC) está on fire, já que cada queda está sendo comprado de forma agressiva. Algumas das notícias e eventos críticos que podem estar ajudando na ascensão são os próximos testes de negociação de futuros na plataforma Bakkt, o fim do mercado de urso, a guerra comercial entre China e EUA, o lançamento da stablecoin do Facebook etc. O rali pode continuar e forçar os investidores esperando à margem a entrar, ou o rali fracassará perto da resistência acima? Vamos ver.

BTC/USD

O par BTC/USD está forte com a EMA de 20 semanas inclinado para cima e a RSI no terreno da sobrecompra: isso sugere que os touros estão no comando. O par rompeu a alta recente de US$ 9.053,12 e tentará agora alcançar a próxima resistência de US$ 10.000. Esta é uma resistência psicológica em que prevemos uma consolidação ou uma pequena correção.

Todavia, o sentimento tornou-se positivo e qualquer notícia favorável é suscetível de atrair compradores. Os comerciantes que estão esperando para comprar em níveis mais baixos estão se sentindo excluídos. Assim, se os touros impulsionarem o preço acima de US$ 10.000, o embalo pode aumentar e levar o par a US$ 12.000.

Atualmente, não há configuração negativa no gráfico. A primeira indicação de exaustão será se os ursos afundarem a criptomoeda abaixo de US$ 7.413,46. Isso pode arrastar o preço para a EMA de 20 semanas e abaixo dele para o apoio crítico de US$ 5.900.

ETH/USD

A Enigma lançou a testnet de sua rede de descoberta e os desenvolvedores agora podem construir aplicativos descentralizados que podem ser implantados imediatamente após a Enigma entrar em operação na mainnet da Ethereum (ETH). Em um primeiro momento, a Coinbase também adicionou um curso sobre a stablecoin Dai (DAI) baseada em Ethereum a sua plataforma Coinbase Earn. Isso oferece uma oportunidade para os entusiastas saberem mais sobre o token e ganharem um DAI. Será que o Ether pode romper a resistência de sobrecarga e a seguir ainda mais para cima?

ETH/USD

O par ETH/USD está se consolidando entre US$ 225 e US$ 300 nas últimas três semanas. Este é um sinal positivo, pois mostra uma demanda próxima a US$ 225. As médias móveis estão à beira de cruzar a alta, o que indica uma mudança na tendência.

Quanto mais longa for a consolidação, mais forte será a eventual fuga dela. Se os touros empurrarem o preço acima de US$ 307,67, é provável que comece uma nova tendência de alta que pode levar o par a US$ 500, o que provavelmente atuará como uma forte resistência.

Nossa suposição de alta se mostrará errada se os ursos defenderem a zona de resistência acima de US$ 280 a US$ 307,67 e afundarem a criptomoeda abaixo das médias móveis.

XMR/USD

Um endereço da web está espalhando um botnet que instala um componente de mineração de Monero (XMR) e também possui recursos de DDoS, de acordo com a empresa de segurança cibernética Trend Micro. Mas, em um ponto para o Monero, o CEO da Binance tuitou que, se a Índia aprovar o projeto de lei de cripto, os entusiastas da cripto do país poderiam ir para a moedas de privacidade.

XMR/USD

O par XMR/USD tem se consolidado entre US$ 81 e US$ 100 nas últimas três semanas, o que é um sinal positivo. O preço tem se sustentado acima de ambas as médias móveis, que tendem a completar um cruzamento de alta. Isso indicará uma mudança na tendência.

Se os touros empurrarem o preço para acima de US$ 100, uma alta para US$ 150 no médio prazo é provável. É improvável que seja um traço direto para este nível, pois a criptomoeda pode enfrentar pequenos soluços a US$ 114,840 e US$ 128,650. No entanto, se o sentimento permanecer positivo, esses níveis serão cruzados.

O primeiro sinal de fraqueza será um quebra e fechamento (horário UTC) abaixo de US$ 81. Isso pode arrastar o preço mais para baixo para a EMA de 20 semanas e abaixo dela para US$ 60,147.

Os dados de mercado são fornecidos pela exchange HitBTC