Serpro, que fornece soluções em blockchain para Receita Federal, destaca que a tecnologia é fundamental para manter liderança

O Serpro, empresa pública que fornece diversos serviços de tecnologia ao Governo Federal, incluindo diversas soluções em blockchain, destacou que o uso de novas tecnologias é fundamental para a empresa continuar na liderança entre as empresas do setor.

O Serpro chega aos seus 55 anos, completados no dia 1º de dezembro deste ano, ocupando lugar estratégico no cenário de TI pública. "Agora o desafio é ser propulsor da transformação digital do Brasil, ao desenvolver tecnologias disruptivas e soluções de conectividade tanto para o governo como para a sociedade. A capacidade de gerar tecnologia inovadora e criar inteligência capaz de consolidar essa transformação está em sua força de trabalho: os empregados", disse a instituição.

"Para manter a liderança na entrega de novas tecnologias e pular níveis da implantação de governo digital entregando projetos ousados, o Serpro vem desenvolvendo tecnologias de inteligência artificial (IA), blockchain e analytics, que têm potencial para causar um grande impacto no modo como os cidadãos experimentam e interagem com os governos", frisou.

Uma das soluções baseadas em blockchain desenvolvidas pelo Serpro é bConnet que busca desenvolver uma plataforma única voltada para o comércio exterior e que deve integrar processos aduaneiros do Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai.

“As rápidas transformações na economia e na sociedade, proporcionadas pelo ambiente digital, impõem novos desafios à atuação do governo, que conta com o Serpro como parceiro. As ações estratégicas definidas pelo governo digital têm como foco o seu papel de habilitador e facilitador dessa transformação digital para o cidadão, no setor produtivo do país, na capacitação da sociedade para absorver essa nova realidade e na atuação do Estado como prestador de serviços e garantidor de direitos”, ressaltou o presidente do Serpro, Caio Paes de Andrade.

Além do bConnect, o Serpro foi responsável pelo desenvolvimento de diversas soluções tecnológicas como o ID Estudantil, desenvolvido em parceria com o Ministério da Educação, que vai beneficiar mais de 58 milhões de estudantes de todo o país. O aplicativo permite que os estudantes tenham em seus celulares a carteirinha estudantil digital sem nenhum custo, garantindo o direito ao benefício da meia-entrada em eventos e evitando a ocorrência de fraudes na emissão de carteirinhas não válidas. 

O Serpro também lançou a CNH digital e o documento do veículo (CRLV) também digital e ambos ganharam novas funcionalidades ao longo do ano: desde a emissão da CNH por reconhecimento facial até o aviso de vencimento da carteira de habilitação e da necessidade de realização de recall no automóvel.

Como noticiou o Cointelegraph, sobre a adoção de blockchain no Governo Federal, recentemente a Receita Federal publicou a contratação, por meio de dispensa de licitação, do Dataprev com a finalidade de gerir o sistema de dados cadastrais do Cadastro de Pessoas Físicas, CPF, por meio de um sistema em blockchain.

"EXTRATO DE DISPENSA DE LICITAÇÃO Nº 4/2019 - UASG 201057, Nº Processo: 19973101277201906 . Objeto Prestação de serviços de acesso a dados cadastrais do CPF (Cadastro de Pessoa Física) por meio de rede permissionada Blockchain, da Receita Federal do Brasil (RFB), para órgãos e entidades do SISP (Sistema de Administração dos Recursos de Tecnologia da Informação"

O uso de blockchain para acessar a base de cadastro de CPF no Brasil foi lançado em 2018, com a participação do Conselho de Justiça Federal,  com nome de bCPF e foi desenvolvida pelo Dataprev para a Receita Federal do Brasil com a finalidade de simplificar o processo de disponibilização desta base de dados, com mecanismos seguros, integrados e eficientes.

Confira mais notícias