SEC considerará novo pedido de fundo negociado em bolsa Bitcoin e Ethereum

O órgão regulador dos Estados Unidos, a Comissão de Valores Imobiliários (Securities and Exchange Commission - SEC), está revisando uma nova solicitação para um fundo negociado em bolsa (ETF) de criptomoedas, segundo documentos divulgados em 9 de maio.

O produto foi solicitado pela Crescent Crypto Index Services, uma subsidiária da empresa de benchmarking e índices de investimentos passivos Crescent Crypto Asset Management.

Ele incluiria um portfólio de Bitcoin (BTC) e Ether (ETH), e estará ativo na Bolsa de Nova York (NYSE) sob o ticker “XBET”.

“O XBET é um fundo negociado em bolsa. Isso significa que a maioria dos investidores que decide comprar ou vender ações do XBET faz suas ordens de negociação através de seus corretoras e pode incorrer em comissões e taxas de corretagem habituais”, confirma a solicitação, que prossegue:

"As ações da XBET devem ser negociadas na NYSE Arca sob o ticker 'XBET' e serão compradas e vendidas durante o dia de negociação a preço de compra e venda, como outros títulos negociados publicamente."

Como o Cointelegraph continua a relatar, a SEC ainda não aprovou nenhuma forma de ETF de criptomoeda para o mercado dos EUA.

As preocupações com a conformidade significam que as rejeições ocorreram com frequência desde o primeiro pedido de lançamento do produto, em março de 2017, com atrasos que contribuem para o já lento progresso.

Ao mesmo tempo, os próprios reguladores insinuaram que estão confiantes de que, em algum momento no futuro, um ETF satisfará todos os requisitos necessários, uma visão que encontra eco em figurões da indústria.