Empresa de remessas baseada em blockchain economiza até 80% em taxas

A SendFriend, startup de remessa de dinheiro baseada em blockchain,  utiliza a tecnologia da Ripple para economizar até 80% em taxas de remessa, de acordo com um post publicado em 12 de dezembro.

A SendFriend usa o produto xRapid, da Ripple, para pagamentos internacionais, contorna o processo mais longo dos sistemas bancários tradicionais, fazendo a conversão entre o dólar dos Estados Unidos, XRP e pesos filipinos.

Plataforma de remessas focada nas Filipinas

O aplicativo de transferência de dinheiro vai efetivamente reduzir as taxas de remessas anuais para filipinos que moram no exterior, reduzindo esses custos de transação em até 75%. O que torna isso possível, de acordo com o CEO da SendFriend, David Lighton, é a tecnologia RippleNet On-Demand Liquidity (ODL).

Com a ODL, os usuários da RippleNet podem utilizar o token digital XRP para fazer a "ponte" entre duas moedas, em apenas três segundos. Segundo Lighton, "podemos agora fornecer mais liquidez e reduzir os custos de transação em até 75%”.

Uma melhor e maior rede de pagamento Blockchain

A SendFriend ingressou na rede de pagamentos da RippleNet em janeiro, junto com outros players do setor financeiro, como JNFX, Transpaygo, FTCS e Euro Exim Bank. Em fevereiro, a SendFriend recebeu US$ 1,7 milhão em investimentos da Ripple, da Mastercard Foundation, do MIT Media Lab e do Barclays, entre outros, em uma rodada de investimento.

No final de julho, a empresa de remessa P2P do Chile, CurrencyBird, também se juntou à RippleNet. A parceria permite que a CurrencyBird adicione novas rotas aos seus mais de 50 destinos já existentes, novas moedas, melhores preços e velocidades de transferência mais rápidas.

No mesmo mês, em uma tentativa de aumentar a inclusão financeira, o UnionBank, com sede nas Filipinas, lançou uma stablecoin focada em pagamentos, atrelada ao peso das Filipinas.