Banco da Reserva da Índia desenvolve plataforma blockchain bancária

O Banco da Reserva da Índia (Reserve Bank of India - RBI) está desenvolvendo uma plataforma blockchain para serviços bancários em seu braço de pesquisa e desenvolvimento, de acordo com uma matéria da BusinessLine de 28 de junho.

A plataforma blockchain vai abrigar uma série de aplicações blockchain, com previsão de lançamento para o ano que vem. O modelo da plataforma seria desenvolvido para atender aos bancos. De acordo com o diretor do Instituto para o Desenvolvimento e Pesquisa em Tecnologia Bancária, o departamento de pesquisa e desenvolvimento do RBI, a plataforma é “para aplicações blockchain desenvolvidas para o governo no setor bancário”.

Enquanto o RBI parece estar se aproximando da indústria de blockchain, historicamente não tem grande simpatia por criptomoedas. Em abril, o RBI especificou que projetos de criptomoeda, incluindo ofertas iniciais de moedas (ICOs) e exchanges, não seriam permitidos em seu projeto de sandbox regulamentar, ao contrário da tecnologia blockchain. 

Em junho, o The Economic Times noticiou que a gigante de mídias sociais Facebook não estaria registrando sua moeda virtual Libra com o RBI, possivelmente devido à proibição de bancos em participar de negócios relacionados a criptomoedas.

Como já noticiado pelo Cointelegraph, bancos da Coreia do Sul também estão explorando a tecnologia blockchain, enquanto permanecem contrários à adoção de criptomoedas. O governo sul-coreano também não permite ICOs no país.

O influenciador cripto coreano Hyun-sik "Soso" Choi comentou sobre o estado de blockchain e criptos na Coréia do Sul, dizendo:

“Bancos coreanos estão entrando no campo blockchain. Embora isso prove que há um enorme interesse das finanças tradicionais na tecnologia, todas as tentativas de relacionamento estão no lado da tecnologia. Eles estão ignorando a parte das criptomoedas."