Congressista americano defende ampla adoção da blockchain na indústria dos EUA

O congressista pró-cripto dos Estados Unidos, Warren Davidson (R-OH), mais uma vez pediu regras claras para a indústria da blockchain, com o objetivo de manter o domínio econômico dos EUA.

Em 4 de novembro, Davidson publicou uma carta no Wall Street Journal, em resposta a um relatório de 24 de outubro, sobre a automação na manufatura. O congressista pediu ao governo dos EUA que incentive os inovadores a permanecer no país. A carta dizia:

"Se permitirmos que o medo sufoque seus esforços, corremos o risco de renunciar à superioridade global e sacrificar melhorias na qualidade de vida".

Problemas da mudança de fabricação

O relatório ao qual Davidson estava respondendo focava-se nas preocupações de que, robôs e inteligência artificial, estavam roubando empregos de trabalhadores dos EUA. Comentando sobre manufatura no Centro-Oeste, ele diz:

"Há evidências convincentes de que a automação da fábrica balançou três estados do Rust Belt - Michigan, Wisconsin e Pensilvânia - a favor de Donald Trump nas eleições de 2016".

A carta de Davidson expressou preocupações semelhantes quanto ao fato dos americanos terem medo da inovação da blockchain.

Davidson - que representa o 8º distrito de Ohio e é membro do comitê de aço do congresso - está otimista de que as melhorias que a tecnologia pode trazer para a fabricação, superarão os medos. Ele disse ao Cointelegraph:

“Desde melhorar a formação de capital, a logística da cadeia de suprimentos, reinventar as operações de chão de fábrica, a identificação e a rastreabilidade do produto, os fabricantes dos EUA podem aproveitar o poder da blockchain para desencadear uma incrível inovação e crescimento da manufatura.”

Compartilhando ceticismo sobre o projeto Libra do Facebook

Na carta, Davidson enfatizou que várias empresas relacionadas ao setor já estão se mudando para países como a Suíça, buscando um ecossistema regulador amigável.

Enquanto compartilhava o ceticismo de seus colegas sobre o projeto Libra, proposto pelo Facebook, Davidson alegou que trata o medo da blockchain e cripto como "miopia". Segundo Davidson, ao barrar iniciativas no setor, existe o risco que o governo dos EUA está "renunciando à superioridade global e sacrificar melhorias na qualidade de vida” apenas para preservar o status quo.

Davidson pede aprovação da Lei de Taxonomia de Tokens, reintroduzida em abril

Em um tweet de 5 de novembro, Davidson expressou esperança de que seus colegas do Comitê de Serviços Financeiros possam encontrar uma maneira de combater o medo da blockchain, para que os EUA possam "manter o domínio tecnológico e econômico". No projeto de Lei, reintroduzido em abril de 2019, o congressista escreveu:

"Em meio a mudanças tecnológicas, consumidores, empreendedores e investidores, precisam de segurança regulatória para manter a economia americana trabalhando para eles. A FinTech é apenas um exemplo...”