Força Tarefa do Estado de Nova Iorque Aponta Novos Membros

Assembleia dos legisladores do Estado de Nova Iorque apontaram seis experts de vários campos para força tarefa sobre moedas digitais.

Em um anúncio em vídeo no dia 22 de Julho, a Assembleia aunciou seis novos membros apontados para o grupo, cuja função é fazer investigações e recomendações regulatórias a respeito das moedas digitais e da tecnologia da blockchain. 

A força tarefa consistirá em 13 membros, seis dos quais foram apontados pela Assembleia, enquanto que os outro sete membros serão apontados pelo governador. Os seis membros apontados em 22 de Julho incluem o co-fundador do Ethereum Joseph Lubin, a CEO da Global Blockchain Business Council, Sandra Ro; Yaya Fanusie, adjunta da Fundação da Defesa das Democracias; o co-founder da @ Microsoft Yorke Blockchain; Ryan Zagonne, o diretor de relações regulatórias no Ripple, e Aaron Wright, que é professor de direito na escola Cardozo. 

Vanel disse, “Estamos animados por termos algumas das principais pessoas envolvidas com a tecnologia da blockchain e com as criptomoedas para ajudar o Estado de Nova Iorque e o país, e talvez até mesmo o mundo, para encontrar o nível correto de regulação para esse espaço. 

Grupo estudará a tecnologia da blockchain e as criptomoedas antes de fazer suas recomendações 

O Estado de Nova Iorque se tornou o primeiro Estado nos Estados Unidos para forma sua própria força tarefa em janeiro desse ano. A força tarefa foi inicialmente criada quando o governador Andrew Cuomo assinou uma lei chamada “Lei do Estudo das Moedas Digitais” em Dezembro de 2018.

Pelos termos da referida lei, os relatórios relevantes do grupo de estudos a respeito das criptomoedas e da blockchain para regulação e definição devem ser submetidas até 15 de dezembro de 2020. Depois disso os legisladores e reguladores podem levar os resultados em consideração. Vanel, que é o Diretor do Sub-comitê sobre a interner e as novas tecnologias, disse:

“Nova Iorque conduz o país em termos financeiros. E também iremos conduzir na questão de uma correta regulaçao das fintechs. A força tarefa de experts nos ajudará a atingir o equilibrio entre termos uma robusta indústria de blockchain e um forte ambiente econômico em relação às criptomoedas enquanto ao mesm tempo proteja os investidores e consumidores de  Nova Iorque.”

Em Maio, o comitê da casa dos representantes de serviços financeiros passou uma resolução para formar a força tarefa sobre tecnologia financeira que irá, “examinar o padrão legal atual para as fintechs, como elas são usadas e como os consumidores interagem com elas.”