Monero implementa hard fork; incluindo novo algoritmo de mineração resistente ao ASIC

A rede Monero (XMR) foi atualizada com sucesso para o RandomX, um novo algoritmo de mineração que visa ser resistente ao ASIC.

Em 30 de novembro, o grupo de trabalho da comunidade Monero fez uma transmissão ao vivo no YouTube, na qual a atualização ocorreu por volta dos 58 minutos. A nova atualização também introduziu o algoritmo de prova de trabalho (PoW), RandomX, que usa execução aleatória de código junto com técnicas focadas na memória para resistir aos circuitos integrados de aplicativos (ASIC) - dispositivos otimizados para operações profissionais de mineração.

A atualização também é otimizada para unidades de processamento central (CPU) de uso geral, a fim de tornar a rede mais descentralizada. Como resultado, aqueles que desejam usar as unidades de processamento gráfico (GPU) para extrair o Monero, podem achar mais difícil fazê-lo.

A equipe da Monero acredita que as máquinas ASIC têm um efeito centralizador, pois existem poucas empresas no mundo capazes de fabricá-las.

No entanto, outros afirmaram exatamente o contrário. Bran Cohen, mais conhecido como autor do protocolo BitTorrent ponto a ponto (P2P), disse recentemente que a PoW resistente ao ASIC é um sonho e uma má idéia. Cohen acrescentou que é uma idéia muito melhor ser favorável ao ASIC, porque "a resistência ao ASIC apenas cria mais centralização em torno da manufatura quando inevitavelmente falha".

Vitalik Buterin, co-fundador da Ethereum, ecoou sentimentos semelhantes quando disse que há um consenso crescente de que os algoritmos resistentes ao ASIC têm uma vida útil limitada e a resistência ao ASIC acaba por reduzir 51% os ataques.

Exchanges excluem Monero devido a preocupações com lavagem de dinheiro

A BitBay, exchange de criptomoedas com sede na Polônia, anunciou que retiraria da lista de criptomoedas as centrada na privacidade, como o Monero, em 19 de fevereiro de 2020, devido a preocupações com lavagem de dinheiro. A exchange explicou:

“O Monero (XMR) pode utilizar seletivamente recursos de anonimato entre projetos. Esse recurso do XMR está sujeito ao suporte no final da transação. A decisão foi tomada para bloquear a possibilidade de lavagem de dinheiro e entrada de redes externas.”

Em setembro, a OKEx também retirou o Monero e várias outras moedas voltadas à privacidade, incluindo Dash (DASH) e Zcash (ZEC), entre outras.