LocalBitcoins recebe licença de provedor de moeda virtual da Autoridade Finlandesa de Serviços Financeiros

A Autoridade de Serviços Financeiros da Finlândia (FIN-FSA) registrou oficialmente a LocalBitcoins como um provedor de moeda virtual, a partir do início de novembro de 2019. A Finlândia só permite que provedores registrados oficialmente, que cumpram os requisitos legais, operem no país.

Um par de mãos seguro

Para receber o registro, a LocalBitcoins precisou provar à FIN-FSA que havia implementado procedimentos adequados contra a lavagem de dinheiro (AML) e de Conheça seu Cliente (KYC), além de ter uma proteção adequada para os ativos do cliente.

A gerência e o pessoal-chave também tiveram que cumprir os critérios para serem considerados adequados para servir nas funções.

Parte de uma evolução mais longa

A Finlândia é vista como tendo um alto nível de controle e confiança na comunidade global e ser um provedor oficial de moeda virtual abre novas oportunidades de negócios para a LocalBitcoins. Seu CEO, Sebastian Sonntag, explicou:

“A Finlândia é uma sociedade que funciona bem e mantém altos níveis de confiança. Ao mesmo tempo, os controles no setor financeiro são de alta qualidade e a posição dos clientes é bem protegida.”

O registro junto à FIN-FSA é apenas a etapa mais recente no caminho da LocalBitcoins, de um campeão não regulamentado de Bitcoiners que evitam o KYC, para uma exchange peer-to-peer (P2P) regulamentada.

A LocalBitcoins já era conhecida por sua adoção em países que estão passando por turbulências políticas como a Venezuela. Porém, sua posição como um mercado no qual os cidadãos podem dirblar os controles de capital sobre o dinheiro parece agora estar cada vez mais em questão.

Evidências disso podem ser vistas na tendência de os usuários abandonarem o serviço em prol de fornecedores alternativos e talvez menos regulamentados.