Corte de 20% na alavacagem - essa foi a medida tomada pela exchange cripto japonesa Coincheck

A exchangede criptomoedas japonesa Coincheck anunciou que está reduzindo o escopo de suas opções de negociação alavancadas para cumprir as regras locais.

Em um post em seu site de 30 de agosto, as autoridades disseram que estavam reduzindo o tamanho da alavancagem disponível para os operadores de margem de cinco para quatro vezes.

Coincheck planeja mudanças em 31 de outubro

A medida veio como uma resposta direta às melhores práticas apresentadas pela Associação de Câmbio de Dinheiro Virtual do Japão - ou JVCEA - o órgão dedicado autorregulatório para o setor de exchanges japonês.

As mudanças devem entrar em vigor a partir de 31 de outubro, diz a Coincheck, solicitando aos traders que cancelem qualquer chamada de margem programada e tomem certas precauções.

A metamorfose de exchange continua

A negociação de margens, como relatou o Cointelegraph, envolve uma quantidade considerável de risco e até foi sugerido que a prática pode movimentar taxas inteiras do mercado de Bitcoin (BTC).

Porém, a opção continua a ganhar popularidade, com novas ofertas chegando ao mercado de players como Binance este ano.

A Coincheck, que se recuperou de um enorme hack de US$ 530 mihões em janeiro de 2018, revelou na semana passada que estava pensando em lançar um novo spin-off para ofertas iniciais de exchange (IEOs).

Semelhante em essência às ofertas iniciais de moedas - ou ICOs - uma IEO facilita a venda de tokens de crowdsale diretamente por uma exchange sem a necessidade de um intermediário.

Enquanto isso, na quinta-feira, o regulador financeiro do Japão disse que estava considerando expandir as políticas de monitoramento de câmbio existentes. Tais planos foram informados pela agência de notícias de criptomoedas local Crypto Watch.