Polícia iraniana apreende lote de 117 máquinas de mineração de criptomoedas contrabandeadas

A polícia Iraniana prendeu um contrabandista de máquinas de mineração de criptomoedas, de acordo com a agência de notícias local Fars News em 31 de julho.

A Polícia Anti-Tráfico do Departamento de Polícia de Saveh apreendeu um caminhão que supostamente transportava 117 máquinas de mineração de criptomoedas estimadas no valor de 11,7 bilhões de riais iranianos (US $ 277.876 no momento da publicação da matéria).

Segundo Sardar Kiomars Azizi, oficial da Agência de Notícias da Polícia, as autoridades confiscaram o mencionado equipamento de mineração de criptomoedas e prenderam o motorista do caminhão.

Minaração de criptomoedas em terreno regulatório complicado

A notícia vem na sequência da autorização do governo iraniano para a mineração de criptomoedas como atividade industrial em julho. Agora, as entidades envolvidas na mineração de moedas digitais serão obrigadas a buscar uma licença do Ministério da Indústria, Minas e Comércio do Irã.

A decisão do governo, no entanto, ressalta que o uso de criptomoedas para transações domésticas continua ilegal e que aqueles envolvidos na indústria devem assumir a responsabilidade pelos riscos sem qualquer garantia do governo ou do setor bancário local.

Embora a mineração possa agora ser legal, o vice-presidente da Administração Aduaneira da República Islâmica do Irã, Jamal Arounaghi, observou recentemente que a agência não emitiu nenhuma licença para importar o equipamento.

Custos de eletricidade e contribuição econômica

Também em julho, a Comissão Econômica Iraniana finalizou uma estrutura de preços de eletricidade para mineradores de criptomoedas. O ministro da Energia, Homayoon Ha'eri, não explicou o modelo exato de preços, embora tenha afirmado que o preço depende de fatores de mercado, como os preços dos combustíveis no Golfo Pérsico.

O chefe do Sindicato da Indústria Elétrica do Irã, Ali Bakhshi, propôs anteriormente um preço de US $ 0,07 por quilowatt/hora para os mineradores de criptomoedas. Mostafa Rajabi Mashhadi, porta-voz do Ministério de Energia do departamento de energia, afirmou anteriormente que a produção de um único Bitcoin usa cerca de US $ 1.400 em subsídios estatais.

Governador do Banco Central do Irã Abdelnaser Hemmati argumentou anteriormente que os mineradores de moeda digital no Irã deveriam contribuir para a economia do país, ao invés de permitir que o Bitcoin (BTC) minerado escape para o exterior.